Nosso roteiro em Londres - Dia 7 - Bank of England, King's Cross Station, Notting Hill

Depois de termos aproveitado a grande maioria dos pontos turísticos de Londres, e apesar de termos tido problemas com as notas de libras antigas apenas duas vezes na viagem toda, como íamos para o interior da Inglaterra e ainda tínhamos muita nota antiga (de papel que foi trocada por polímero até 30/09/2022), nós optamos em ir ao Banco da Inglaterra perto da estação Bank pois é o único local que permitia turistas trocarem o dinheiro em papel moeda, já que não temos conta na Inglaterra. Se você for para Inglaterra e ainda tiver papel moeda antigo, você também poderá ir lá trocar (site oficial do Bank of England). Mas coloque no seu roteiro e prepare-se para gastar pelo menos 1h lá dentro.


Banco da Inglaterra
Bank of England.


London Eye e Torre Elizabeth vistas da Waterloo Bridge, sobre o Rio Tâmisa.
London Eye e Torre Elizabeth vistas da Waterloo Bridge, sobre o Rio Tâmisa.

One Aldwych Hotel
Não parece a fachada do Banco de Gringotts? Mas é o One Aldwych Hotel.

Nós pegamos um ônibus do hotel que estávamos hospedados até o Bank of England. Infelizmente só nos foi permitida a entrada de um adulto e sem mochilas, e então eu entrei e deixei meu esposo com as meninas na praça que fica em frente ao banco para entrar e trocar as notas. Lá dentro você passa pelo raios-x e vistoria de bolsa, caso esteja com uma. Fui direto para a fila e já tinham 4 pessoas na minha frente, e olha que fomos assim que abriu. Depois de quarenta minutos na fila chegou a minha vez. É tanta burocracia pra trocar as notas que só vendo: formulário dizendo como você conseguiu as notas, as notas em si e precisa de um comprovante de residência do Brasil, e obviamente eu não tinha nenhum ali. Tive que catar no email um comprovante, mandar por email para eles para então o rapaz imprimir e anexar. O trâmite todo levou mais 20 minutos até que eu conseguisse estar com as novas notas em mãos.


London Troops War Memorial, em frente ao The Royal Exchange.

Dali optamos em pegar um metrô na estação Bank (enorme, cheia de corredor!) para irmos até a King's Cross Station para ir na "Plataforma 9 3/4" (quem nunca?). 


Interior da King's Cross Station.
Interior da King's Cross Station.

King's Cross Square.
King's Cross Square.
Plataformas 7 e 8 da King's Cross Station.
Plataformas 7 e 8 da King's Cross Station.

Plataforma 9 da King's Cross Station.
Plataforma 9 da King's Cross Station.

Para entrar nas plataformas da estação, é necessário ter uma passagem de trem, obviamente. Mas para acalmar os ânimos dos fan de Harry Potter, tem a loja the Harry Potter Shop at Platform 9 3/4 com uma fila para você tirar a famosa foto com o carrinho entrando na parede. Enquanto eles ficaram na fila, entrei rapidinho na loja para comprar o "tíquete" para a Estação e um cachecol da Grifinória para a filhota mais nova.


Fila para tirar a foto na Plataforma 9 3/4 na King's Cross Station.
Fila para tirar a foto na Plataforma 9 3/4 na King's Cross Station.

Lembrancinha comprada na lojinha da Plataforma 9 3/4 na King's Cross Station.
Lembrancinha comprada na lojinha da Plataforma 9 3/4 na King's Cross Station.

A clássica foto na Plataforma 9 3/4.
A clássica foto na Plataforma 9 3/4.

Fotos tiradas fomos na lojinha, um pequeno caos organizado, com vários itens do filme. Uma perdição!


Varinhas na loja do Harry Potter na King's Cross Station.
Varinhas na loja do Harry Potter na King's Cross Station.

Itens do filme para comprar na loja do Harry Potter na King's Cross Station.
Itens do filme para comprar na loja do Harry Potter na King's Cross Station.

Como já era meio-dia, fomos almoçar no McDonalds perto da estação. 


Mc Donald's do ladinho da King's Cross Station.
Mc Donald's do ladinho da King's Cross Station.

2 hamburgueres, queijo, alface, molho especial, cebola e picles num pão com gergelim!
É big mac! (Igual em qualquer lugar do planeta!)

Estação de St. Pancras vista de dentro do ônibus.
Estação de St. Pancras vista de dentro do ônibus.

Pegamos então um ônibus para irmos até a Baker Street, a famosa rua onde "mora" o detetive Sherlock Holmes, mas tinha uma pequena fila para entrar no número 221B onde fica o Sherlock Holmes Museum, no entanto como as meninas não conhecem, acaou que nem entramos e paramos numa lojinha de souvenir em frente para comprar os presentinhos para quem ficou no Brasil.


The Sherlock Holmes Museum na Baker Street 221.
The Sherlock Holmes Museum na Baker Street 221.

Tomamos então outro ônibus até Notting Hill e damos um passeio a pé por lá. Mas como eu não fiz minha lição de casa e não pesquisei, não achei a livraria do filme e somente agora vi que estava a poucos metros de lá. Não cometa esse erro, e veja este post da Candace Abroad para não dar essa bobeira também. A gente andou pela Ladbroke Grove e pela Westbourne Park Road e o trem ficava na Blenheim Cress. 


Pelas ruas de Notting Hill.
Pelas ruas de Notting Hill.

Pelas ruas de Notting Hill.
Pelas ruas de Notting Hill.

Pelas ruas de Notting Hill.
Pelas ruas de Notting Hill.

Pelas ruas de Notting Hill.
Pelas ruas de Notting Hill.

Pelas ruas de Notting Hill.
Pelas ruas de Notting Hill.

A gente ia pegar outro ônibus para voltar para a Waterloo Station, mas pegamos na direção errada. Sim, eu mereço rs. E como o relógio já estava no nosso laço, optamos em pegar o metrô para ser mais rápido, já que tinhamos reservado um carro na Enterprise daquela estação.


Estação de metrô em Notting Hill.
Estação de metrô em Notting Hill.

Vou contar sobre a locação de carro em um post específico para os detalhes não ficarem perdidos. Fica de olho.


Pegando o carro na Enterprise da Waterloo Station.
Pegando o carro na Enterprise da Waterloo Station.

Nenhum comentário

Reserve seu hotel

Booking

Seguros de viagem

Banner 2
Use EAIFERIAS15 para ter 15% de desconto no Seguros Promo

Aluguel de carro