Qual melhor forma de fazer câmbio para viagens internacionais?

A principal questão de quando se viaja para o exterior é como você deve levar o dinheiro que vai usar por lá, principalmente quando a gente quer economizar. Neste post vou te mostrar as suas opções e deixar que você decida a melhor opção para seu caso.


Notas e moedas de libra esterlina e passaporte brasileiro
Novas notas de libras que utilizamos na nossa última viagem.

Levar papel moeda

Ao escolher levar papel moeda para o país que você vai visitar, você vai ter que fazer câmbio em uma casa de câmbio de sua confiança para evitar comprar notas falsificadas. A melhor forma de você se precaver com a variação cambial é de ir comprando aos poucos, para fazer um preço médio e se você tiver tempo para acompanhar a variação, melhor ainda para comprar quando houver quedas no câmbio (quando estiver em tendência de baixa, começa a ficar de olho na cotação da casa de câmbio). Vale lembrar que o IOF para quem compra papel moeda estrangeiro é de 1,1% e que o valor utilizado é a cotação "turismo" e não comercial. Para você ter ideia, hoje, com o câmbio comercial a R$5,11 para cada dólar comprado, na casa de câmbio que eu costumo comprar, a cotação está em R$5,32, e o dólar turismo no UOL tá cotado em R$5,303, sem colocar o IOF, tá?


Variação cambial do dólar norte-americano nos últimos dias.
Variação cambial do dólar norte-americano comercial nos últimos dias.


O risco que você corre ao levar papel moeda é a compra de notas falsificadas, a perda do montante ou mesmo roubo. Além do fato de que se você comprar a mais, você vai ficar com o papel moeda excedente e revender para a casa de câmbio vai ter um deságio e nova aplicação de IOF... E a depender do país que você irá visitar, você poderá encontrar dificuldade em usar papel moeda, já que muitos locais estão focando em usar apenas o pagamento sem contato por causa da covid-2019 (vide Londres atualmente).


Como falei no post anterior (Londres - voltando a viajar pós-pandemia) a gente teve um pequeno contra-tempo. Compramos o papel moeda em 2020 e veio a pandemia e não pudemos viajar até julho de 2022. Nesse meio tempo, a Inglaterra fez-me o favor de mudar as notas de papel moeda para as de polímero e as notas de £20 já não estavam mais sendo aceitas e as de £50 vão parar de circular no dia 30/09/2022, mas vários lugares já não estavam aceitando mais. Depois de queimar muito neurônio, e até mesmo cogitar trocar as notas velhas na casa de câmbio que a gente comprou as notas em 2020, e perder R$1/£1 já que seria uma operação de venda e compra da moeda. No final decidimos levar a grana e a maioria dos lugares aceitou, mas teve dois restaurantes que ratearam bastante... E como a gente ia para o interior da Inglaterra e muitos locais que a gente pretendia gastar o papel moeda estava apenas aceitando cartão, se sobrasse dinheiro, a gente ia perder aquelas notas, decidimos ir no Banco da Inglaterra trocar as moedas e nisso perdi 1h em uma fila para preencher a papelada (até comprovante de residência no Brasil eles pediram) para trocar uma nota pela outra... No final, deu tudo certo, mas a gente voltou com mais de £100 e vendê-las aqui vamos perder uma graninha... Ainda nem decidi o que fazer...



Usar cartão de débito internacional / Travelcard

Usar um cartão de débito internacional já foi uma ótima opção porque você comprava a moeda e carregava o cartão de débito internacional e o IOF era de apenas 1,1%, mas atualmente o IOF do cartão de débito intermacional está em 6,38%. A vantagem dele em relação ao cartão de crédito que você já usa é que você travou a cotação e não será pega de surpresa com a fatura no final do mês... Mas a cotação desse tipo de cartão também já não está mais tão atrativa assim quanto era no começo. Para que você tenha ideia, hoje a cotação da carga em dólar no Visa Travel Money na casa de câmbio que eu costumo comprar está em R$5,40 (sem o IOF).


Usar cartão de crédito/débito do seu banco

Usar o seu cartão de crédito/débito que você usa cotidianamente no Brasil é cômodo, não vou negar, mas tem a questão de você pagar 6,38% de IOF além de que o emissor usa uma variação cambial próxima ao dólar turismo. Para você ter noção hoje, a cotação do cartão ITAU para o dólar tá em R$5,47 (sem o IOF!!). E antes de utilizá-lo no exterior veja se há cobrança de taxas extras e de saques emergenciais para não se pega de surpresa. Minha recomendação é a de que você deve levar o cartão, fazer o aviso de uso no exterior, usar e abusar das Salas Vips que ele pode te dar acesso, e levar também o seguro de viagem que ele te dá (mas não use apenas o seguro do cartão, que costuma ser de reembolso e isso pode te dar um prejuízo e uma dor de cabeça enorme num momento que você quer ajuda e não aborrecimentos). Mas deixá-lo apenas para emergências!



Usar o Wise

Essa dica eu recebi e vou repassar! O Wise é o antigo Transferwise que o pessoal usava muito para fazer remessa de valores para outro país, só que agora ficou mais prático e indicado para você usar durante a sua viagem. Ele tem um cartão de débito como o Travelcard, mas a cotação é muito mais em conta e o melhor ainda, o IOF é de 1,1%. No entanto eles cobram taxa que varia conforme a forma de carregamento que você escolher. Para colocar dinheiro no saldo do seu Wise, você pode fazer uma transferência bancária - TED (que se feita no horário bancário brasileiro vai levar até 30 minutos para cair no seu saldo, e se for feita fora do horário bancário cairá no próximo dia útil), pagar com seu cartão de débito ou crédito no Brasil (daí como o pagamento é feito em reais, você não será cobrado pelo IOF do seu cartão e o pagamento cai na mesma hora) ou ainda por boleto bancário (que não tentei usar, então não posso te dar ideia de prazo real, mas segundo eles cai no próximo dia útil se você pagar usando o app do seu banco). Para vocês terem noção de valores, o dólar norte-americano na wise hoje está custando R$5,12484 (já com o IOF) com uma taxa de R$0,10983 para transferência bancária ou de R$0,26366 para pagamento de cartão de débito/crédito ou de R$0,11132 para o boleto.


Além disso o Wise pode ser carregado com mais de 50 moedas diferentes, desde o dólar norte-americano, euro e libras, mas também com peso argentino, iene, e muito mais. Para pedir o cartão físico você deve confirmar todos os seus dados, e colocar um saldo em uma das moedas que você deseja. Pode até mesmo ser em real para usar aqui no Brasil e já ficar com o cartão em mãos. O cartão chegou rapidamente (moro no Grande Rio e levou uns 4 dias úteis para chegar). Além disso você já habilita o cartão virtual e pode associá-lo a sua carteira digital.


A minha experiência de uso do Wise na Inglaterra é muito positiva. Funcionou em todas as lojas e restaurantes que fomos e mesmo nas compras online para comprar os ingressos das atrações. Eu ia carregando o cartão a medida que ia usando, usando meu cartão de crédito para carregá-lo até para ganhar as milhas da transação no cartão do meu banco. Carreguei com TED apenas uma vez para testar o tempo que a carga iria levar para entrar no saldo. Ainda ficou um pequeno valor que eu posso transferir para outra moeda quando fizer a próxima viagem ou mesmo para real e usar aqui no Brasil.


E como sei que você gostou da dica, se você usar o meu link para pedir o seu cartão Wise, você vai ganhar a primeira transferência até R$3000 sem ter que pagar a taxa da wise.



Comparativo no dia de hoje

Fiz uma pequena tabela para nos guiar sobre qual a melhor opção dentre as apresentadas aqui hoje para comprar dólar, e sem dúvidas carregar o Wise por transferência bancária é a opção mais em conta atualmente, veja só:


Comparativo das opções de compra de dólar para viagem hoje (23/08/2022)
Comparativo das opções de compra de dólar para viagem hoje (23/08/2022)

E aí, decidiu qual a melhor opção para sua próxima viagem? Se tiver dúvidas ou sugestões, deixa aí nos comentários pra eu te ajudar.



Qual melhor forma de fazer câmbio para viagens internacionais?
Salve esse pin em seu pinterest

Nenhum comentário

Reserve seu hotel

Booking

Seguros de viagem

Banner 2
Use EAIFERIAS15 para ter 15% de desconto no Seguros Promo

Aluguel de carro