Puerto Iguazu (Argentina) - Parque Nacional Iguazu

As Cataratas do Iguaçu é um enorme conjunto de várias cachoeiras na fronteira do Brasil com a Argentina no Rio Iguaçu, Patrimônio da Humanidade, uma das Sete Maravilhas Naturais do Mundo e é um local de deixar qualquer turista vidrado com a imensidão e a beleza do lugar. No lado brasileiro é possível visitar o Parque Nacional do Iguaçu em Foz do Iguaçu para chegar pertinho das águas, andando por cima das águas.

Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Cataratas do Iguaçu, vista pelo Circuito Superior do Parque Nacional Iguazu. Outubro/2016.

Vem com a gente conhecer mais um pouco deste parque argentino, vem!


Um pouco sobre o Parque

O Parque Nacional Iguazu foi criado em 1934, sendo 5 anos mais velho que o Parque Nacional do Iguaçu (o lado brasileiro das Cataratas), e foi tombado pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade em 1984.

Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Entrada do Parque Nacional Iguazu. Outubro/2016

As Cataratas do Iguaçu são um conjunto de 275 quedas com altura média de 75m, ocupando uma área de aproximadamente 2.700m de largura ao longo de 2,7 km no Rio Iguaçu, sendo a Garganta do Diabo o salto de maior expressão e beleza, com 90 m de altura. E na Argentina você poderá chegar pertinho dela.

O Parque Nacional Iguazu fica na cidade de Puerto Iguazu e pode ser acessado pelas Rotas 12 e 101.


O Turismo no Parque Nacional Iguazu

Ao adentrar o parque, o visitante dá de cara com um espaço amplo onde há restaurante (La Selva), o Centro de Visitantes Yvirá Retá, anfiteatro, centro comercial, lanchonetes, sorveteria Freddo, uma pequena feira de artesanato e banheiros.

Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Centro de Visitantes Yvirá Retá. Outubro/2016
Dali você pode seguir para o Trem Ecológico da Selva ou para as trilhas. O parque tem boa acessibilidade em geral, como é mostrado no mapa abaixo (use isso como guia para saber se é viável alugar ou levar carrinho de bebê).

Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Cataratas vista de algum ponto do Circuito Superior. Outubro/2016

Antes de qualquer outra coisa é importante já avisar: é um dia inteiro de caminhada. Se você fizer todas as trilhas é capaz que ande quase 6km. Assim, use calçados confortáveis e capriche no protetor solar.

Mapa do Parque Nacional Iguazu. Fonte: Roteiros que já li.



Se você está procurando hospedagem em Puerto Iguazu, não deixe de conferir a seleção que o Booking traz pra você. As melhores instalações da cidade estão aqui.


Trem Ecológico de la Selva

Para se locomover no Parque, você usará o trem. As saídas geralmente acontecem a cada 30 minutos. Dependendo da movimentação do dia, ele irá parar obrigatoriamente na Estação Cataratas e você deverá descer e aguardar o trem que seguirá o caminho até a Estação Garganta do Diabo. Os bancos cabem 4 pessoas e os carrinhos de bebê irão na parte de cima do último vagão. Todas as estações possuem banheiro e uma pequena lanchonete.

Trem da selva, Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Trem da Selva. Outubro/2016


Trilha (Sendero) Verde

Quem não quiser esperar o Trem, pode optar em seguir pela trilha verde até a Estação Cataratas. Você não terá visão das cataratas aqui, mas caminhará em meio à mata da reserva, permitindo contato com os animais. São 655 m  de caminhada, em trecho plano com boa acessibilidade.
Tempo: 30 minutos


Trilha (Sendero) Macuco e Cachoeira (Salto) Arrechea

Saindo próximo à Estação de Trem, pode-se seguir a Trilha Macuco, que ida e volta, serão 7km de caminhada, sem acessibilidade. A dificuldade do trajeto varia de baixa (vai bem 3,2km) a alta (200m), passando por média (100m finais). Não há banheiros no caminho nem lanchonete. O visitante ao final chegará na Cachoeira e Poço do Córrego Arrechea, dentro do Parque. Por ser mata fechada, caminhe com atenção e use repelentes.
Tempo: 3h (entrada permitida entre 8h e 15h e recomenda-se fazer o trajeto a luz do dia).


Garganta do Diabo (Garganta del Diablo)

É a "trilha" mais alta do parque, que leva o visitante à Garganta do Diabo, pela parte de cima, caminhando por passarelas de ferro sobre as águas do Rio Iguaçu. Contando ida e volta são 2,2km a servem vencidos, com boa acessibilidade, em uma passarela larga, com fluxo de "mão dupla". Ao chegar ao final da passarela, você será coberto pelo spray das Cataratas (proteja objetos que não possam ser molhados). O visual é incrível!

Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Passarela sobre a Garganta do Diabo. Outubro/2016

Se há grande volume de água na época de cheia, pode ser que o circuito feche por segurança de todos. Ao caminhar é possível ver ainda partes da antiga estrutura que volta e meia era quebrada pelo rio.
Tempo: 2h


Circuito Superior

Saindo da Estação Cataratas, o visitante andará 200m até o Farol e entrará a direita, conforme as placas indicativas. O caminho é acessível e são 1,75km de passarelas sobre as águas do Rio Iguaçu, na parque superior das Cataratas, passando por diversas cachoeiras: Salto Chico, Ramirez, Bosseti, Adão e Eva, Bernabé Mendez, Mbiguá.

Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Circuito Superior. Outubro/2016
O percurso deve ser feito numa única direção, conforme indicado nas placas. O visual e a sensação de caminhar sobre as cachoeiras é indescritível. Em um dos pontos é possível ver o Parque Nacional Iguaçu, o lado brasileiro das Catataras  (inclusive o hotel e elevador).
Tempo: 2h


Circuito Inferior

Saindo da Estação Cataratas, o visitante andará 200m até o Farol e deverá seguir pelo meio, conforme as placas indicativas. Este Caminho também é feito nas passarelas, mas possui escadas no terço final (Cachoeiras Alvar Núñes, Elenita e Lanusse), o que compromete a acessibilidade se você desejar percorrer os 1700m de todo o percurso. Mas pode-se ir tranquilamente até a primeira Cachoeira (Salto) Bosseti.

Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
O circuito inferior visto do mirante do circuito superior. Outubro/2016

Neste circuito pode-se descer até o pier que dá acesso ao barco que faz a travessia até a Ilha de San Martín.
Tempo: 1h45


Ilha (Isla) San Martín

É uma "ilha" no meio das Cataratas, com muito verde e uma paisagem incrível. São 650m de trilhas, mas que exigem esforço físico para serem vencidos, já que contam com 172 degraus de pedra. Para chegar até lá é necessário pegar um barco no píer do Circuito Inferior, descendo numa pequena praia existente ali. O passeio pode ser cancelado dependendo do volume de água no Rio Iguaçu.
Horário: entre 9h30 e 15h30 (indo para a Ilha) e o último bote sai da ilha às 16h30.
Tempo: 2h


Safaris 4x4

Para quem gosta de aventura off-road é possível fazer dois passeios no Parque:

  1. Safaria a la Cascada: com 2h de duração, é possível percorrer 4km em um veículo 4x4 do parque (você não irá dirigir), pela Trilha Yacaratiá. São feitas algumas paradas para caminhadas com certo grau de dificuldade pela floresta, com guia do parque (bilíngue em espanhol e inglês). A caminhada segue até a Cachoeira Arrechea e seu poço natural. Há saídas todos os dias da Área Cataratas (Viejo Hotel, Hotel Sheraton ou Portal de Entrada). Valor: $465 para adultos, $245 (crianças entre 6 e 12 anos), gratuito para crianças menos de 6 anos, mas não ocupam assento. Aceitam dinheiro, transferência bancária ou cartão de crédito.
  2. Camino de los Pioneros: com 2h de duração, percorre-se o "caminho dos pioneiros" em veículos 4x4. Este era o caminho que os visitantes faziam até 1974, e a antiga Estação dos Guardaparques ainda existe entre as plantas. É possível conhecer a planta de erva mate e a formiga "tigre". Saídas regulares todos os dias. Valor $550 para adultos, $275 para crianças entre 6 e 12 anos. Desconto de 15% para quem pagar em dinheiro ou débito.
Mapa do Safari, Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Mapa dos Safaris no Parque Nacional Iguazu. Outubro/2016

Mais informações: Explorador Expediciones



Iguazú Jungle

Esta empresa oferece dentro do Parque Nacional Iguazu alguns passeios diferenciados, a maioria é proibido para crianças menores de 12 anos, grávidas, pessoas com osteoporose ou problemas de coluna, cardíacos, e portadores de necessidades especiais. Apenas o Passeio Ecológico não há restrições.

  • Passeio Ecológico (Paseo Ecológico):  saindo da Estação Garganta do Diabo, percorre-se o Rio com balsas a remo até o Porto Três Marias, de onde você retornará caminhando para a Estação Cataratas. Preço $200, portadores de necessidades especiais e menores de idade entre 7 e 16 anos tem 20% de desconto, crianças menos de 6 anos não pagam. Tempo: 30 minutos.
  • Aventura Naútica: Assim como o Macuco Safari no lado brasileiro, é possível entrar nas Cataratas pelo lado argentino. O barco entra pelo Cânion do Rio Iguaçu e bordeia a Ilha de San Martín. Proteja seus pertences, porque vai molhar tudo no canho na Cachoeira Tres Mosqueteros. Preço $450, menores de idade entre 12 e 16 anos tem 20% de desconto. Tempo: 12 minutos
  • Gran Aventura: Saindo do Centro de visitantes, percorrendo a Trilha Yacaratiá em carros próprios para o percurso, com guias bilíngues (espanhol e inglês). Serão 5km na trilha, 100m de caminhada até o pier, culminando com um passeio de barco por 6km pelo cânion do Rio Iguaçu, com "banho" na Cachoeira San Martin. O passeio acaba no pier existente no Circuito Inferior, onde você poderá regressar até a Estação Cataratas. O passeio pode ser feito no sentido contrário. Preço $800, menores de idade entre 12 e 16 anos tem 20% de desconto. Tempo: 1h20
Mapa do Iguazu Jungle, Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Preço e mapa dos passeios da Iguazu Jungle. Outubro/2016.

Você pode comprar pacotes dos passeios para melhorar as condições de pagamento:
  • Passaporte Verde: Gran Aventura + Passeio Ecológico: $950 (menores entre 12 e 16 anos tem desconto de 20%)
  • Passaporte Cataratas: Aventura Náutica + Passeio Ecológico: $600 (menores entre 12 e 16 anos tem desconto de 20%)


Informações

Quando visitar: entre Outubro e Março, quando há grande volume de água.
Horário de Visitação: 08h às18h (acesso permitido até às 16h30)
Endereço: Ruta 101 km 142, 3370 Puerto Iguazu, Misiones, Argentina
Valor do Ingresso (em pesos):
  • Tarifa adulto: $330
  • Tarifa para Mercosul: $250
  • Tarifa para Argentinos: $200
  • Crianças entre 6 e 12 anos  (geral): $80
  • Crianças entre 6 e 12 anos  (mercosul): $60
  • Gratuito para menos de 6 anos
  • Estacionamento: $90 (carros) e $40 (motos)
Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Bilheteria e seus valores. Outubro/2016

Quem desejar ir 2 dias seguidos, vale a pena aproveitar a promoção de 50% de desconto. Para isso, ao final do dia, retorne para a bilheteria para revalidar seu ingresso.


Dicas

  • Vá de van de alguma agência, pois você não ficará cansado para a volta e ainda facilita seu ingresso na Argentina, já que eles possuem fila especial na imigração.
  • É necessário levar documentos (RG ou passaporte) na bilheteria para comprar os ingressos. Inclusive das crianças!
  • Não é permitido o uso de drones.
  • Os safáris necessitam de agendamento prévio para garantir a vaga.
  • Leve pesos! O parque só aceita esta moeda e em dinheiro vivo. Cartões apenas são aceitos nas lojas. Em Foz do Iguaçu encontramos casa de câmbio (Atlas) vendendo peso mais barato que no Rio de Janeiro (R$0,23 contra R$0,30!).
Banco de la Nacion Argentina na entrada do Parque para trocar moedas, se você precisar. Outubro/2016.
  • Cuidado com objetos pessoais nas passarelas, pois se caírem não há chance de resgate.
  • Cuidado com crianças! Os parapeitos e o visual são um convite a se debruçar e não há telas para evitar quedas.
  • Leve repelente, protetor solar, roupas frescas.
  • Evite parar do nada para tirar fotos nas passarelas, pois o risco de trombada com outras pessoas que vem atrás de você é grande.
  • Respeite a direção de caminhada nas passarelas.
  • Beba água.
  • Capa de chuva até pode levar, mas um refresco nas águas não faz mal né? Nem molha tanto assim rs.
  • Cuidado com celulares, máquinas fotográficas, porque o spray de água das cataratas podemm danificá-los.
  • Carrinho de bebê até vai, mas algumas vezes será necessário fechar (no trem) ou mesmo pegar para descer os degraus do Circuito Inferior. 
  • Existe uma lojinha ao lado da bilheteria que aluga carrinho de bebê. Uma pena eu só ter visto na saída e não pude fazer o test-drive rs
Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Carrinhos para alugar na lojinha ao lado da bilheteria. Outubro/2016.
  • Use roupas e calçados confortáveis.
  • Não use atalhos, você pode se perder.
  • Não fume, é proibido!
  • Não alimente os animais, a nossa comida não faz bem a eles. Atenção especialmente com os Quatis que ficarão doidos ao avistar comida. Procure comer dentro dos restaurantes e não na parte externa.
  • Jogue lixo no lixo!
  • Procure andar em silêncio (ok, um pouco impossível com crianças rs) para poder observar os animais
  • Se você por ventura não conseguiu ir a alguma trilha, o google maps passou por lá e registrou tudinho. Só deixar o bonequinho lá e percorrer todo o caminho virtualmente.


Nossa Experiência

No dia que fomos choveu, e muito... Já atravessamos a fronteira com chuva mas o motorista disse que geralmente chovia pela manhã e na hora do almoço já passaria... Nós chegamos e fomos direto para a bilheteria para comprar nossos ingressos. Eles pediram a documentação de todos, sem choro. Como havia um grupo grande e estava trovejando, optamos em correr até o Trem e para a nossa sorte já havia um ali (era o das 9h30). Por ser aberto, começou a chover bem e nos molhar. Quando chegou para a Estação Cataratas, o trem parou e obrigou a todos a descerem para enfrentar a fila novamente para pegar outro trem para seguir até a Estação da Garganta. A fila estava E-NOR-ME e não há cobertura para todos e com chuvas e trovões, optamos em não ficar na fila, até para vestir as capas nas meninas.

Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Fila para pegar o trem novamente na Estação Cataratas. Outubro/2016
Quando a chuva diminuiu um pouco, parando de trovejar, uns 20 minutos depois, fomos para a fila e nela ficamos por mais de U-MA-HO-RA. Tem noção?! 😠 E quando o trem chegava, ninguém respeitava fila. NIN-GUÉM! Não só argentinos, mas franceses, alemães. Uma zona. Chegou o cúmulo de um guia enfiar 20 pessoas na nossa frente e só depois que esperneei muito que ele deixou passar como se estivesse me fazendo um favor!!! 😒 Só conseguimos chegar na Garganta às 11h! Fizemos a trilha da Garganta e o lugar é lindo, de uma energia que poucos lugares tem.

Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Circuito Garganta do Diabo. Outubro/2016.

Mas por ser apenas uma passarela, o povo para do nada pra tirar foto, atrapalhando o fluxo, além das trombadas que a galera te dá. Um horror. Pior que vi turista fumando apesar da placa advertindo a proibição!! Voltamos para o trem e seguimos para a Estação Cataratas, pelo menos para descer estava tranquilo sem arranca-rabos. Pelo menos a essa hora já havia parado de chover e o sol ficava alternando-se com as nuvens. Fomos então para a área de alimentação e entre a lanchonete (lanche completo uns $120) e o restaurante, optamos em almoçar de verdade no Fortin.

Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Lanchonete lotada. Outubro/2016

O buffet livre com churrasco argentino e sobremesa custa $275 (adulto), as meninas não pagaram e o refrigerante custou $26 e suco de laranja $30. O rapaz que estava na churrasqueira era brasileiro e foi muito gentil.

Fortin, Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Restaurante Fortin, Parque Nacional Iguazu. Outubro/2016.

Dali fomos percorrer o Circuito Superior, já que o Inferior não daria tempo, pois a van havia marcado de nos pegar às 17h e já eram 14h... O Caminho é feito em uma única direção, mas sempre tinha um ou outro maluco voltando na contra-mão... 😒 O visual é lindo demais, indescritível. Voltamos para o trem e foi tranquilo pegá-lo para descer e para a minha surpresa, passou um trem direto para a Garganta do Diabo e fiquei sem saber porque haviam feito aquela graça pela manhã. Vimos que era possível descer até o Centro de visitantes por trilha, mas já estávamos exaustos e optamos me esperar mesmo. Como o tempo era curto, não vimos o centro de visitantes e optamos em tomar um sorvete Freddo ($80 o "vaso").

Freddo, Parque Nacional Iguazu, Puerto Iguazu, Argentina, Cataratas do Iguaçu
Sorvetinho Freddo! Hummmmm Outubro/2016.

Finalmente fomos para a portaria aguardar a van. O passeio vale a pena, é lindo demais, apesar da falta de organização, pois a furação de fila era feita na presença dos funcionários que nada faziam...


Saiba mais: Unesco, New7Wonders, Parque Nacional Iguazu.

24 comentários

  1. O Parque é lindo e enorme! No dia em que visitei estava tão lotado que só consegui ir até a Garganta do Diabo, pois perdemos mais de duas horas só para pegar o trem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse trem tinha que ser revisto, não atende a demanda

      Excluir
  2. Eu tive uma experiência excelente nas cataratas! Fui em outra epoca tb, mas ver ascfotos de trilha me deu uma vontade enorme de voltar ❤️

    ResponderExcluir
  3. Ah, fazer esse passeio com chuva é ruim demais né? Eu fui duas vezes, nas duas o maior calorão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andar com sol na moleira dá? Tbm pensei nisso

      Excluir
  4. O visual deve compensar toda a fila e a chuva com certeza, mas é um passeio pra já ir preparado, seu post é de grande ajuda.

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo, vamos colocar na nossa lista de desejos de viagens, hehe

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Demais! Amo de paixão e não me canso de falar que é um dos lugares mai impressionantes que já vi na vida. A Garganta do Diabo é incrível! Parabéns pelo post, super completo e informativo! :)

    ResponderExcluir
  8. Que completão seu post =), cheio de informações importantes, muito bom.
    Ainda não conheci Foz mas estou louco pra conhecer.

    ResponderExcluir
  9. adoro o lado argentino das cataratas! parece mais aventureiro, faz vc andar naquelas plataformas por cima de várias cachoeiras e trilhazinhas...o "macuco" tb é mais barato e louco aheuaheua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que é mais barato? Confesso que vi o preço mas nem fiz a conversão

      Excluir
  10. Não sabia que era um parque tão grande e com tata coisa para fazer. Muito bom post, anima a ír.

    ResponderExcluir
  11. Nossa, me assustei com essa lotação toda. Era algum feriado? Já estou com "medo" de não conseguir fazer minha programação. =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, era feriado de novembro, mas na argentina era dia comum, e mal tinha brasileiro... não sei se é corriqueiro... vá com o espírito preparado rs

      Excluir
  12. Precisa pagar a tarifa Mercosul + a entrada correto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai pagar apenas a entrada com tarifa Mercosul de 250 pesos.

      Excluir

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo

Seguros de viagem

World Nomads Seguros de Viagem
Mondial Seguros
Corretora Real Seguro de Viagens

Passeios no seu destino

Viator

Aluguel de carro

Trem na Europa