Vamos conhecer um pouco sobre Aracaju?

Que Sergipe fica no Nordeste você já sabe e que Aracaju é sua capital acredito que também, né? Mas você sabe o que tem para fazer em Aracaju? Sabe mesmo?!

Eu amo Aracaju, Orla do Atalaia, Aracaju, Sergipe
Eu ❤ Aracaju. Novembro/2016.

Vem com a gente descobrir os encantos da Capital de Sergipe.


Um pouco da história de Aracaju

Aracaju vem de ará = "arara" e akaîu = cajueiro, pois conta-se que no centro da cidade haviam vários cajueiros (planta bem comum na região) onde papagaios e araras pousavam para comer e descansar.

Aracaju foi fundada em 1855, quando São Cristóvão deixa de ser capital da Capitania de Sergipe, por decisão de Inácio Joaquim Barbosa. A nova localização da capital beneficiou o escoamento do açúcar, além de representar, para ele, um local mais adequado para o desenvolvimento futuro. Foi a segunda capital planejada do Brasil, com ruas perpendiculares, partindo da Praça do Palácio, atual Praça Fausto Cardoso, e quadras em formato de quadrado, lembrando um tabuleiro de xadrez, onde todas as ruas vão em direção ao Rio Sergipe, conforme o desenho feito pelo engenheiro Sebastião José Basílio Pirro.

Hoje com o crescimento urbano, e mais de 570 mil habitantes, as quadras já não são mais tão quadradas assim, e os manguezais estão restritos às margens dos rios da cidade.


Quando visitar Aracaju

O período chuvoso vai de Março a Agosto, com meses mais quentes de Janeiro a Março, ideal para aqueles que querem aproveitar uma praia, mas a noite rola uma brisa do mar, então levar um casaquinho para esses momentos não é uma ideia ruim.

O Carnaval em Aracaju não é tão movimentado quanto Salvador, mas atrai turistas que querem fugir do burburinho da capital baiana, já que apenas 3h de viagem separam as duas cidades. A época mais festiva em Aracaju é o mês de junho quando são realizados eventos de forró (Arraiá do Povo e ForróCaju) e as festas juninas, principalmente no dia de São João (24 de junho).

Se você está procurando hospedagem em Aracaju, não deixe de conferir a seleção que o Booking traz pra você. As melhores instalações da cidade estão aqui.



O que fazer em Aracaju

A cidade é pequena, mas conta com atrações bem interessantes para os turistas.


Orla de Atalaia

Com 6km de extensão, a Orla de Atalaia reúne a maioria dos hoteis de turismo de Aracaju, restaurantes e outras atrações:
Farol da Coroa do Meio, Aracaju, Sergipe
Farol da Coroa do Meio. Novembro/2016.
  1. Farol da Coroa do Meio: na verdade não é visitável, mas é um ponto de referência da cidade, que a noite recebe uma iluminação colorida, e claro ajuda na navegação.
  2. Centro de Arte e Cultura de Sergipe, com artesanato local.
  3. Feira do Turista: um pequeno centro comercial com artesanato e uns bares com comida típica. Aqui encontrei produtos mais baratos que no Mercado Municipal.
  4. Passarela do Artesão: várias tendas com artesanato local.
  5. Oceanário.
  6. Kartódromo Emerson Fittipaldi.
  7. Mundo da Criança. com vários brinquedos para os pequenos.
  8. Monumento aos Formadores de Nacionalidade, com estátuas de personagens importantes da História do Brasil.
  9. Arcos da Orla, para você tirar aquela foto com o letreiro "Eu ❤ Aracaju".
  10. Passarela do Caranguejo
Na Orla também fica a delegacia do turista, várias quadras de esporte (tênis, skate, etc). Além do Mundo da Criança, existem outros parques infantis menores.

Mundo da Criança, Orla do Atalaia, Aracaju, Sergipe
Entrada do Mundo das Crianças. Novembro/2016
Se você tiver disposição, é possível alugar uma bicicleta da CajuBike e andar não pela pela Orla, mas por toda Aracaju. Para isso baixe o app e compre os passes. Veja mais informações sobre os pontos de aluguel/devolução, valores e etc aqui.

Caju Bike em Aracaju. Novembro/2016.


Orla pôr-do-sol

Fica na Praia do Mosqueiro, a 30 km do Centro de Aracaju. Ganhou este nome pois assistir o por-do-sol ali tem um "q" a mais, pois o Sol desce na direção dos manguezais, num visual bem bonito. É daqui que saem os passeios para a Croa do Goré e Ilha dos Namorados.

barcos na Praia do Mosqueiro, Orla Pôr-do-Sol, Aracaju, Sergipe
Orla Pôr-do-Sul. Novembro/2016.


Croa do Goré

O que é uma Croa?! Segundo o dicionário é "elevação de terra nos rios e maré", o mesmo que uma barra de maré para os geológos (viu, aprendeu mais um jargão geologuês rs). Mas o que é isso?! A croa do goré é uma pequena ilha que fica no Rio Vaza-Barris, e por este rio sofrer forte influência das marés nesta região, quando a maré sobe a Croa some, e quando a maré desce, a croa parece. Assim, é possível ver a Croa 2x por dia (ok, uma delas é a noite rs). Mas quando a maré sobe não é tanto para se afogar não!! Fica na altura dos joelhos e olhe lá. A Croa conta com uma balsa que vende refeições e bebidas por lá.

Croa do Gore, Rio Vaza-Barris, Aracaju, Sergipe
Croa do Goré, mas a maré subindo. Novembro/2016.
A visita é possível através de pequenas lanchas que saem da Orla Pôr-do-Sol, ou mesmo usando o Catamarã da Croa do Goré (saída às 9h e que também vai até a Ilha dos Namorados).



Um pequeno teaser sobre a Croa do Goré e a Ilha dos Namorados.


Ilha dos Namorados

A Ilha dos Namorados fica na Foz do Rio Vaza-Barris, sendo uma pequena elevação de areia, onde de um lado você tem a praia e do outro o Rio. A ilha é bem larga e quando fomos tinha algumas piscinas naturais. O Pessoal do Catamarã da Croa do Goré (saída às 9h a partir da Orla Pôr-do-Sol e que também vai para a Croa do Goré) é quem explora a ilha, montando toda a estrutura todos os dias, com barracas, cadeiras, mesas, bolas, piscininha e brinquedos para as crianças, redes sobre a água, boias, lanches, picolés e bebidas.

Ilha dos Namorados, Foz Rio Vaza-Barris, Aracaju, Sergipe
Ilha dos Namorados, na Foz do Rio Vaza-Barris. Novembro/2016.


Mercado Municipal

No centro de Aracaju existem três pequenos prédios que formam o Mercado Municipal da cidade. O primeiro deles vende artesanato da região; o segundo, de formato circular, mescla produtos alimentícios típicos e artesanato; e o terceiro é o mercado com horti-frutigranjeiros e peixaria. Se você quiser conhecer as frutas da região, aconselho uma visitinha no mercado mesmo, para poder comprar mangaba, caju e castanha (foi mais barato que no mercado circular - R$38/kilo da natural).

Artesanato, Mercado Municipal,  Aracaju, Sergipe
Mercado Municipal, prédio dos artesãos. Novembro/2016.
Endereço: Rua José do Prado Franco, s/n.


Praias

Como toda cidade litorânea do Nordeste, uma das maiores atrações de Aracaju são suas praias, todas de mar aberto e balneáveis em sua grande maioria (acho que só a Coroa do Meio não o é). Sua coloração é amarronzada devido os sedimentos dos Rios que chegam ali (Sergipe, Vaza-Barris e mesmo o São Francisco). Algumas possuem restaurantes e barracas perto da zona de arrebentação para atender aos banhistas.
  1. Coroa do Meio;
  2. dos Artistas;
  3. Atalaia, onde ficamos hospedados no Ibis Budget Aracaju (e logo vem post =D);
  4. do Refúgio;
  5. Aruana, a 11 km do Centro, onde fica o Aruanã Eco Praia Hotel;
  6. do Robalo, a 12 km do Centro;
  7. Náufragos, mais procurada pelos surfistas;
  8. Mosqueiro, a praia perto da foz do Rio Vaza-Barris.
Praia do Atalaia, Aracaju, Sergipe
Praia do Atalaia. Novembro/2016.

Claro, você pode ir conhecer outras praias de municípios perto dali, como a famosa Caueira (onde os aracajuanos ficam no verão), Pirambu (onde começou o Projeto Tamar), do Saco (na divisa com a Bahia), Atalaia Nova (onde há o Prodigy Beach Resort & Conventios) e Jatobá.


Oceanário

Fica na Orla de Atatalia, em um prédio que visto do alto lembra uma tartaruga marinha. Foi criado pelo Projeto Tamar em 2002 e possui aquários com peixes, tubarões, arraias, crustáceos e tartarugas-marinhas. Alguns animais estão ali por não terem como sobreviver em seu ambiente, como as duas tartarugas, já que uma delas teve a nadadeira arrancada e a outra foi atropelada por um quadriciclo.
Endereço: Avenida Santos Dumont, 1010.

Oceanário, Projeto Tamar, Aracaju, Sergipe
Oceanário, Novembro/2016.
Horário de funcionamento: diariamente, das 9h às 21h.


Museu da Gente Sergipana

Inaugurado em 2012, o Museu ocupa um prédio de 1926 e celebra a identidade do povo de forma interativa, mostrando personagens, culinária, ecossistemas da região.
Endereço: Avenida Ivo do Prado, 398
Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h às 16h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 15h. Não funciona alguns feriados, como Natal, Ano Novo,... (verifique no site)


Colina de Santo Antônio

Considerado o Marco Zero da cidade, a Colina possui um pequeno mirante para se apreciar Aracaju. Não espere uma montanha, é apenas uma pequena elevação, ok? Em seu topo fica a Igreja do Santo Antônio.
Endereço: Avenida Simeão Sobral


Parque da cidade (Parque José Rollemberg Leite)

O parque tem entrada gratuita e funciona das 8h às 17h. Nele o visitante poderá andar de teleférico (de terça a domingo, das 9h30 às 17h) e um pequeno zoológico.
Endereço: Rua Fortaleza, s/n



Quais são os passeios saindo de Aracaju?

De Aracaju é possível ir para outras cidades, por conta própria ou com agências, para ir conhecer atrações turísticas em outros Estados e divisas, já que Sergipe é o menor estado brasileiro. Os mais procurados são:


Reserva Biológica de Santa Isabel

Criado em 1988, a reserva fica em Pirambu, a 34km de Aracaju, e é cuidada pelo Instituto Chico Mendes (ICMBio). É um dos principais sítios do Projeto Tamar. Infelizmente, quando fomos estava fechado para reformas e as tartarugas foram transferidas para o Oceanário. Um dos funcionários nos dizem que as atividades como reserva ainda estão operantes.

Reerva Biológica Santa Isabel, Pirambu, Sergipe, Projeto Tamar
Reserva Biológica Santa Isabel, em Pirambu, Sergipe. Novembro/2016.
Endereço: Praia de Pirambu, Pirambu
Site: http://www.icmbio.gov.br
 

Mangue Seco (BA)

Uma pequena vila de pescadores nomunicípio de Jandaíra, às margens do Rio Real, na divisa com Sergipe. É famosa por ter aparecido na novela "Tieta". Da vila saem bugres que levam o visitante para andar nas dunas da região e tomar um belo banho de mar na praia. Para chegar lá, indo de Aracaju, deve-se pegar um barco no Porto dos Cavalos, a uns 75km da capital.

Dunas de Mangue Seco, Bahia
De bugre nas dunas do Mangue Seco (BA). Novembro/2016


Cânion do Xingó

Na divisa de Sergipe com Alagoas, no Sertão desses dois estados brasileiros, divididos pelo Rio São Francisco, existe a Represa do Xingó, de 1994. Com a criação da represa das águas do Rio, criou-se o quinto maior cânion navegável do mundo. Saindo de Aracaju, percorrendo pouco mais de 200km, até o município de Canindé do São Francisco, ainda no Sergipe, o visitante chega ao Restaurante Karrancas e de lá pode pegar o catamarã e navegar pelas águas do velho chico (1h de ida e outra de volta) até uma balsa flutuante, onde poderá aproveitar para tomar um banho de rio (1h) no Porto do Brogodó. Quem for por Maceió, vai enfrentar uns 280 km de estrada. É possível também pegar um barquinho e seguir por um dos caminhos mais estreitos do cânion e ver as rochas (ops! geológa falando hahahaha) mais de perto. Se você tiver um pouco mais de tempo, não deixe de conhecer o Museu de Arqueologia do Xingó, que pertence à Universidade Federal de Sergipe, com achados da região, como artes rupestres, esqueletos humanos e utensílios.

Cânion do São Francisco. Setembro/2006.


Delta do Rio São Francisco

Também na divisa de Sergipe com Alagoas, no mesmo Rio São Francisco, mas dessa vez no litoral é possível conhecer a Foz deste rio. Quem vai por Aracaju, deve seguir até o município de Brejo Grande (SE) (140 km de distância) e quem for por Maceió, até Piaçabuçu (AL). De lá é possível pegar um catamarã  e navegar (~50 minutos) até uma faixa de areia na foz. Ali é possível banhar-se por 1h.


Cidades históricas

Saindo de Aracaju é possível conhecer duas cidades históricas do Sergipe:

  1. São Cristóvão: a 25 km da capital, sentido Sudoeste. Foi a primeira Capital de Sergipe e foi fundada por espanhóis, sendo a quarta cidade mais antiga do Brasil, e ainda guarda algumas construções da época. A cidade é tombada pelo IPHAN desde 1967. Como atrações turísticas, pode-se visitar:
    • Centro Histórico;
    • Praça São Francisco;
    • Museu de Arte Sacra;
    • Museu Histórico de Sergipe;
    • Igreja e Convento de Santa Cruz (ou Convento de São Francisco);
    • Convento do Carmo;
    • Igreja Matriz de Nossa Senhora da Vitória,
    • Antiga Igreja e Santa Casa de Misericórdia.
  2. Laranjeiras: a 25 km da capital, sentido Noroeste. Era o berço da província, é uma das poucas que ainda pode-se ver a arquitetura colonial do Estado, e era lá que vivia a aristocracia sergipana na época do Império. A cidade é tombada pelo IPHAN desde 1996. Além das riquezas folclóricas que ainda são preservadas na cidade, também é possível visitar:
    • Igrejas seculares: Matriz Sagrado Coração de Jesus, Nossa Senhora da Conceição da Comandaroba, Nossa Senhora do Rosário e Sao Benedito, Nosso Senhor do Bonfim, Bom Jesus dos Navegantes, Nossa Senhora da Conceição dos Pardos;
    • Casa do Engenho Retiro e Capela de Santo Antônio;
    • Gruta da Pedra Furada;
    • Gruta da Matriana;
    • Terreiro Filhos de Obá;
    • Mercado Modelo;
    • Trapiche;
    • Antigo Teatro Santo Antônio;
    • Museu de Arte Sacra;
    • Museu Afro-Brasileiro de Sergipe;
    • Casa de Cultura João Ribeiro.


Parque dos Falcões

A 50 km de Aracaju, em Itabaiana, é possível conhecer este Instituto que abriga mais de 300 aves. As visitas turísticas incluem apresentação oral e audiovisual da história, missão e técnicas de manejo do Instituto; apresentação dos hábitos de vida das aves de rapina; e fotografias com os animais em punho.
Ingresso: R$25
Visitas devem ser agendadas e devem acontecer das 9h às 14h.
Localização: BR 235, s/n - Povoado Gandú II, Itabaiana



Nós fomos eu vários passeios da cidade. Semana que vem trago o post com o nosso roteiro e depois com avaliação dos passeios e dos hoteis que ficamos.

Viu só? Nem você sabia que tinha tanta coisa para se fazer em Aracaju, não é mesmo? Você conhece a Capital de Sergipe? Tem dicas para dar? Algum relato? Escreva nos comentários e compartilhe a sua experiência conosco. 😍


http://www.eaiferias.com/p/selo-de-confianca.html
Nós fomos convidados pela Rede Ibis de Aracaju e pela Nozes Tour para conhecermos Aracaju e algumas de suas atrações. Agradeço a estas empresas pelo convite e pela oportunidade de mostrar o meu trabalho.

Um comentário

  1. Ótimo post! Me deu saudades de Aracaju. Preciso voltar urgente.

    ResponderExcluir

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo

Seguros de viagem

World Nomads Seguros de Viagem
Mondial Seguros
Corretora Real Seguro de Viagens

Passeios no seu destino

Viator

Aluguel de carro

Trem na Europa