Roma - Basílica de Santa Maria Maggiore

Ir para Roma e não ver ou visitar igrejas é quase impossível, até porque a cidade reúne uma das maiores concentrações de Igrejas Católicas do mundo, são mais de 900 igrejas por lá! A cidade possui quatro basílicas "maiores", que são as basílicas patriarcais, pois são diretamente ligadas ao Papado desde o Século XVII. São elas a Basílica de São Pedro, no Vaticano, e três em Roma: Santa Maria Maggiore, San Giovanni in Laterano e San Paolo fuori le Mura.

Fachada da Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Basílica de Santa Maria Maggiore. Agosto/2017

Em nosso primeiro dia em Roma, aproveitamos que nosso hotel ficava pertinho da Basílica de Santa Maria Maggiore, Santa Maria Maior em português, e fomos visitá-la.

A Igreja fica na Piazza di Santa Maria Maggiori, 42, no Monte Esquilino. Nesta praça é possível encontrar a coluna mariana Colonna della Pace, de 1614, sendo a última remanescente da Basílica de Maxêncio e Constantino no Fórum Romano.

Colonna della Pace, Piazza de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Colonna della Pace, na Piazza de Santa Maria Maggiore. 

Vai dormir onde? Já conferiu a seleção do Booking?

É uma das sete igrejas de peregrinação (para saber mais, sugiro leitura do post sobre Roma) e foi a primeira igreja ocidental dedicada ao culto de Maria. Apesar de a Igreja estar em Roma, ela pertence à Santa Sé como propriedade extraterritorial desde o Tratado de Latrão de 1929.

 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Estátuas na fachada da Basílica.

A Basílica já foi conhecida como Basílica de Nossa Senhora das Neves por causa de uma lenda que diz que ali teria nevado em pleno verão europeu em agosto, Basílica Liberiana em homenagem ao papa Libério e Santa Maria do Presépio, já que guarda relíquias da Manjedoura. Por causa da lenda, todos os anos, no dia 05 de agosto acontece uma chuva de pétalas brancas a partir da cúpula da Basílica, por volta das 20h, com concertos e leituras.

Planta Baixa da Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Planta Baixa da Basílica de Santa Maria Maggiore.

A construção da igreja atual foi iniciada pelo Papa Sisto III em 435 d.C. e continuada pelo Papa Leão Magno. Mesmo após um grande terremoto em 1348, a igreja preservou parte central de sua estrutura original. As colunas que separam a nave dos corredores são oriundas da primeira basílica ou foram reaproveitadas de antigos prédios romanos. Seu campanário (a torre onde fica o sino) é o mais alto de Roma, com 75m de altura.

 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Corredor esquerdo da Basílica.
 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Interior da Basílica de Santa Maria Maggiore.
 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Corredor direito da Basílica.

  
Vai alugar carro? Faça sua reserva com a RentCars!

A nave é coberta por mosaicos bizantinos com cenas do Antigo Testamento e o teto ganhou ouro (doado pelos reis espanhóis) no Século XV e impressiona pelos detalhes.

 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Detalhes do teto de uma das capelas.
 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Pinturas de passagens da bíblia. 
 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Teto da Basílica.
 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Detalhes em Ouro na Basílica de Santa Maria Maggiore.

A Igreja possui várias capelas, onde não é possível fotografar durante as missas. As mais famosas são a Capela Sistina (Século XVI, aberta a visitação pela manhã, quando não há missas) e a Capela Paolina (Século XVII, que abriga o ícone Salus Populi Romani, que tem Maria segurando Jesus em seus braços).

 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Capela Sistina da Basílica de Santa Maria Maggiore.
 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Capela Paolina e o ícone Salus Populi Romani.
Sob o altar-mor está a Cripta da Natividade ou a Cripta de Belém, que abriga o relicário de cristal construído para proteger a madeira da manjedoura onde nasceu Jesus.

 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Altar-mor e o teto da Basílica.
 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Castiçais sobre o Altar-mor.
 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
A urna que guardou as relíquias da Manjedoura.
 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Batistério da Basílica de Santa Maria Maggiore.

Ali também está sepultado São Jerônimo, que traduziu a Bíblia para o latim no Século IV. Além disso a Basílica é a última morada de vários personagens históricos: Gianlorenzo Bernini e sua família, Papa Pio IX, Papa São Pio V, Papa Sisto V, Princesa Pauline Bonaparte, entre outros.

 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Sepultura do Papa Pio V.
 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Detalhe da escultura de Papa Pio IX.
 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Escultura de Papa Pio IX na Cripta da Basílica.

 
Vai pro exterior? Não se esqueça do Seguro de viagem

A Basílica de Santa Maria Maggiore abriga várias obras de arte, inclusive de Bernini.

Para quem vai em busca de fazer sua confissão, existem confessionários nos corredores da Basílica e sempre tem alguns padres neles. Alguns falam outras línguas que não o italiano ou inglês, que pode facilitar a comunicação.

 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Confessionário em Espanhol e Italiano, por exemplo

A entrada é gratuita, e para visitar você passará por uma revista, incluindo raios-x em sua bolsa. Por ser uma igreja, deve-se ter atenção com o vestuário, não permitindo short ou saia muito curtas, e ombros aparecendo (leve um lenço se for o caso).

 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Revista para entrar na Basílica.

É possível fazer um passeio guiado pela Basílica (~ €5/pessoa), onde é possível conhecer os mosaicos da fachada original e a escala helicoidal construída por Bernini.

 Basílica de Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Alguns dos tours para se fazer na Basílica de Santa Maria Maggiore.

 
Vai de trem pela Europa? Confira os preços da sua passagem aqui!

Como tirei muita foto da Basílica, criei um álbum no Flickr para poder compartilhar minha experiência sem lotar o post. Veja como a Basílica é linda e merece uma visita:


A Basílica funciona todos os dias das 7h às 19h.


Saiba mais: Vou pra Roma Roma pra Você

Aproveita e salva o pin na sua pasta do Pinterest pra você não perder a dica de hoje.
Santa Maria Maggiore, Roma, Itália
Santa Maria Maggiore, uma das Basílicas Maiores do Vaticano, em Roma, na Itália.

Nenhum comentário

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo
Zarpo

Seguros de viagem

Aluguel de carro

Ingressos para as principais atrações de Orlando

Trem na Europa