Roma - Coliseu, Fórum Romano e Monte Palatino

Qual a primeira imagem que lhe vem a cabeça quando você pensa numa viagem para Roma? Du-vi-do que você já pensou num grande monumento redondo, onde haviam gladiadores, e que hoje atrai milhões de pessoas e de nome "coliseu"! Nós visitamos a região do Coliseu no nosso primeiro dia em Roma e já posso adiantar, o lugar é grande e impressionante, mas posso adiantar, é quente também! 

Fórum Romano, Roma, Itália
Coliseu, visto da Via Sacra, do Fórum Romano. Agosto/2017.

Instalados na mesma região ficam três grandes atrações de Roma: o Coliseu, o Fórum Romano e o Monte Palatino.

Vai dormir onde? Já conferiu a seleção do Booking?

Mapa de Roma Antiga para comparação com a Roma de hoje, 2017
Mapa comparativo entre Roma Antiga e a região hoje. Destaque para o Coliseu, Circus Máximo, e os Fóruns Romanos (Wikimedia / Google Maps).


O Coliseu

O Coliseu também é conhecido como Anfiteatro Flaviano e é o maior anfiteatro oval já construído, feito com concreto e rocha (principalmente travertino), entre os montes Célio, Esquilino e Palatino. A construção começou  em 72 d.C com Imperador Tito Flávio Sabino Vespasiano, que queria melhorar a auto-estima dos cidadãos romanos depois do Grande Incêndio de Roma, em 64 provocado por Nero. A construção do Coliseu foi completada pelo seu sucessor e filho mais velho, o Imperador Tito Flávio Vespasiano Augusto, em 80 d.C. Algumas modificações foram feitas durante o reinado de Tito Flávio Domiciano, filho de Vespasiano e irmão de Tito. Esses três impérios foram conhecidos Dinastia Flaviana, e por isso a associação do Anfiteatro à família.

Coliseu, Roma, Itália
Coliseu e sua imponência.

 
Vai alugar carro? Faça sua reserva com a RentCars!

Os Jogos Inaugurais foram realizados em 80 d.C. e diz-se que seguiu o padrão normal dos jogos romanos: venationes (jogos com animais) pela manhã, execuções de criminosos ao meio-dia e munera (combate de gladiadores) a tarde.

Estima-se que o Coliseu comportava entre 50 mil e 80 mil espectadores, com audiência média de 65 mil pessoas. O Anfiteatro era usado para disputas entre gladiadores e espetáculos públicos como a Naumaquia, onde encenavam batalhas navais (enchendo o coliseu com água!), caçadas à animais selvagens, execuções, encenações de batalhas famosas e dramas da mitologia clássica. Apenas na Era Medieval que o Coliseu parou de ser usado para estas atividades. Com isso passou a servir como habitação, oficinas, fortaleza, santuário cristão e até mesmo uma pedreira.

Desenho de Kuhn, representando uma naumaquia no Coliseu. (refarq)

O nome "Coliseu" só tornou-se conhecido a partir do Século VIII, pois ali perto havia uma grande estátua de Nero, o Colosso de Nero, que foi destruída para reaproveitamento de seu bronze e sua base ainda existe entre o anfiteatro e o Templo de Vênus e Roma, no Monte Palatino.

Em 2007 o Coliseu, assim como nosso Cristo Redentor, foi eleito por uma pesquisa na Internet como uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno.


O Fórum Romano

Localizado no vale entre os Montes Palatino e Capitolino, o Fórum Romano é uma "praça" retangular circundado pelas ruínas de várias construções públicas de grande importância cultural e foi durante séculos o centro da vida pública romana, onde eram realizadas cerimônias triunfais e de eleições, discursos públicos, processos criminais e assuntos comerciais. Hoje é possível visitar apenas as ruínas dessas grandes construções, com destaque para a Régia (sede de diversos rituais religiosos), o Templo de Vesta, o complexo da Casa das Vestais, o Umbilicus Urbis (centro simbólico de Roma), o Vulcanal (santuário de Vulcano), o Comício (onde se concentrava toda a atividade política e judicial de Roma), os Arcos de Septímio Severo, Tibério, Tito e Augusto, a Basílica de Constantino e Maxêncio, o Templo de Saturno, o Templo de Castor e Pólux, o Templo de César e o Templo de Antonino e Faustina.

Fórum Romano, Monte Palatino, Roma, Itália
Fórum Romano, visto do Monte Palatino. À direita a Basílica de Constantino e Maxêncio.

Vai pro exterior? Não se esqueça do Seguro de viagem

A caminhada pelo Fórum Romano se dá pela Via Sacra, uma das principais ruas da Roma Antiga, saindo do Capitólio até o Coliseu.


O Monte Palatino

O Monte Palatino, cujo nome vem em homenagem a Pales, o deus dos pastores, é uma das sete colinas de Roma que fica perto do Coliseu, do Fórum Romano e o Circo Máximo e que ainda preserva várias ruínas da Roma Antiga, como os Templos de Augusto, Apollo, Tibério e Domiciano. Sua elevação em relação ao Fórum Romano é de 40m.

De acordo com a mitologia romana, foi na caverna Lupercal, localizada no Monte Palatino , onde os gêmeos Rômulo e Remo foram criados por uma Loba. Outra lenda que teria acontecido no Monte Palatino foi a derrota de Caco (filho de Vulcano) contra Hércules.

Hipódromo de Domiciano e Estádio Palatino no Monte Palatino
Hipódromo de Domiciano e Estádio Palatino no Monte Palatino.

 
Vai de trem pela Europa? Confira os preços da sua passagem aqui!

É dito que Roma tem sua origem no Monte Palatino, já que escavações mostram que ali centenas de anos antes de Cristo.


Nosso dia no Coliseu, Fórum Romano e Palatino

Nós chegamos ao Coliseu já eram 13h, depois de termos ido conhecer a Basílica de Santa Maria Maggiore e almoçado pelo caminho. Antes de chegarmos no Coliseu nós fomos no Ponto de Informação Turística da Via del Fori Imperiali para comprar nosso Roma Pass 72h e poder entrar no Coliseu sem filas. Um adianto e tanto. E olha, era Agosto e estava um calor de rachar a cuca.

Coliseu, Roma, Itália
Indo pro Coliseu. Toda a região estava em obras.
Ponto de Informação Turística da Via del Fiori, Roma, Itália
Ponto de Informação Turística da Via del Fiori, onde compramos o Roma Pass.

Poder entrar no Coliseu sem filas foi maravilhoso, e olha que ela estava grandinha, apesar do Sol. A dica que vi dos mais experientes para aqueles que não querem comprar o Roma Pass é começar pelo final, ou seja, entrar pelo Fórum Romano que raramente tem fila (e na saída pude comprovar que estava vazio!).

Ponto de Informação Turística da Via del Fiori, Roma, Itália
Fila para o Raios-x para entrar no Coliseu. 

O Coliseu comporta 3 mil pessoas, mas não tinha esse povo lá todo não, ou se tinha, estava todo mundo se escondendo nas sombras, como nós. O calor lá dentro castiga, viu?

Esqueçamos o calor, e vamos falar do Coliseu! Entrar ali é ter noção do tamanho do poder dos Imperadores da Roma Antiga, o lugar é gigantesco e pensar em tudo que foi realizado ali é impressionante. Principalmente quando você pára para pensar em quantas mortes aconteceram ali para "animar" a galera. Tentei ignorar essa parte e focar na grandiosidade das coisas.

Coliseu, Roma, Itália
Interior do Coliseu.

Com o Roma Pass fizemos apenas o tour tradicional e vimos a exposição que estava sendo realizada ali.

Coliseu, Roma, Itália
Interior do Coliseu.
Coliseu, Roma, Itália
Há um cruz dentro do Coliseu em memória as cristãos que foram mortos ali.

Quer passeios no seu destino? Confira a programação do Viator.

Um ponto que infelizmente não curtir muito, foi chegar na "sacada" para observar o Fórum Romano e o Palatino do ponto de vista do Coliseu e ver um cara correndo atrás de um ladrão que havia acabado de lhe assaltar... Ou seja, tenha cuidado com seus pertences, ok? Fazendo o Coliseu com calma, gastamos 1h30 por lá.

Coliseu, Arco Constantino, Monte Palatino, Via Sacra, Fórum Romano, Roma, Itália
Na "sacada" do Coliseu. O Arco Constantino à esquerda, passando pelo Monte Palatino e a Via Sacra que leva para o Fórum Romano.


Então seguimos para o Fórum Romano, sempre catando sombra pelo caminho. Mas não sem antes apreciar o Arco Constantino.

Arco Constantino, Roma, Itália
Arco de Constantino. 

Decidimos subir o Palatino, por acreditar que seria rapidinho por não ter tanta coisa e me enganei profundamente (viu? não fiz o dever de casa de estudar antes e me estrepei). O lugar é enorme, mas a vista que se tem do Coliseu, das ruínas do Fórum Romano e do Circo Máximo é impressionante. Andando por ali que se tem maior noção de como eram as coisas naqueles tempos. O bom que é pelo menos a gente ia pulando de sombra em sombra e tomando água das fontes pelos caminhos. Nós ficamos pelo Monte Palatino um pouco mais de 1h e não demos conta de ver tudo. O calor é sufocante e ainda fizemos o favor de nos perder hahahaha.

Monte Palatino, Roma, Itália
Subindo o Monte Palatino e catando sombra no caminho!
Monte Palatino, Roma, Itália
Vento forte e calor! Muita areia no olho, cabelo! rs 
Monte Palatino, Circo Máximo, Roma, Itália
Ao final do Monte Palatino, é possível observar o Circo Máximo.

Quando finalmente chegamos na Via Sacra a gente já estava pedindo arrego (lembre-se era cansaço acumulado desde as andanças na Alemanha e nas montanhas da Suíça!), e mal tivemos forças para curtir o Fórum Romano, ainda mais sem encontrar qualquer placa de informação dizendo o que era aquele monte de ruínas tudo junto! Até que nos sentamos embaixo de uma árvore e pudemos ouvir de canto uns brasileiros conversando sobre as ruínas e aprender um pouco com eles também. O lugar é fantástico, ruínas de templos famosos que a gente só lia e ouvia falar nos livros na escola! É um misto de alegria e falta de acreditar que você está ali, onde a história começou! Gastamos mais 1h no Fórum Romano.

Templo de Antonino e Faustina, no Fórum Romano, Roma, Itália
Templo de Antonino e Faustina, no Fórum Romano.
Fórum Romano, Roma, Itália
Templo de Castor e Pólux, Fórum Romano.
Fórum Romano, Roma, Itália
Basílica Giulia, no Fórum Romano.

 
Participe do nosso grupo Dicas de Férias para saber sempre quando as promoções
são lançadas e para trocar ideias com outros viajantes.

Confesso que a mão-de-vaquice não me permitiu usar o áudio-guia em nenhuma das atrações, mas mais por acreditar que era possível conhecer os monumentos sem esse acessório, pois estou acostumada a ir nestes lugares e ler as placas informativas. No entanto, acredite, são raras as placas pelo caminho! Se você quiser informação, pague ou faça sua pesquisa prévia! Achei meio absurdo... Contudo um guia ali teria dado "mais vida" à  toda visita. Então se você for, contrate o tal áudio-guia ou veja um guia brasileiro (veja os blogs de brasileiros que moram por lá e fazem esse tipo de serviço, como a Anna do Vou pra Roma ou a Luciana do Roma pra Você).

Visitar esses sítios foram a coisa mais impressionante e memorável de toda viagem. Procuremos esquecer o calor e o trombadinha! É incrível poder mergulhar nos cenários de tantos filmes e livros, na história do homem, da vida como ela é. Super recomendo a visita, mas tente só ver um dia sem sol, vai! rs


Informações

Entrada dá direito a visitar o Coliseu, Fórum Romano e o Palatino em até dois dias seguidos, mas com apenas uma entrada em cada atração. Os valores do ingresso para 2017 são: Inteira  € 12 e Reduzida € 7,50 (para pessoas com idade entre 18 e 25 anos). Entrada gratuita para menores de 18 anos. Para comprar o ingresso online é cobrada taxa de € 2. Entrada gratuita todo primeiro domingo do mês. É aceito o Roma Pass e ainda permite furar fila.

Caso queira guia turístico  (inglês ou espanhol) o valor é de € 5, com duração de 45 minutos. O áudio-guia custa € 6 com várias línguas, inclusive o português.

Tour para o subsolo, o terceiro nível e acesso ao belvedere custa €9, com duração de 1h30. É recomendado agendar.

O Horário de funcionamento varia conforme a estação, mas basicamente abre às 8h30 e fica aberto até às 16h30 (inverno) - 19h15 (verão). Confirme no site antes de programar a sua ida.

Para ver tudo com calma, recomendo um dia inteiro pelo menos, e de preferência um dia não tão quente.

Obviamente, por serem sítios arqueológicos, não espere acessibilidade total. Existe alguma adaptação como elevadores e rampas, mas tem partes que somente são acessadas por escadas.

Coliseu, Roma, Itália
Escadas do Coliseu.

Gostou do post? Aproveite para salvar em sua pasta  no Pinterest 😍
Coliseu, Fórum Romano e Monte Palatino, Roma, Itália
Coliseu, Fórum Romano e Monte Palatino

Nenhum comentário

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo
Zarpo

Seguros de viagem

Aluguel de carro

Ingressos para as principais atrações de Orlando

Trem na Europa