Tudo sobre nossa visita ao Monte Pilatus

Depois de termos subido o Monte Titlis em busca da neve, nós queríamos apreciar outra montanha, mais perto de Lucerna, onde estávamos baseadas. Lucerna tem duas grandes montanhas perto e de "fácil" acesso: Pilatus e Rigi. Entre ficar com uma ou outra, optamos em ir nas duas no mesmo dia! Loucura? Um pouco, no final estávamos exaustas! Mas estávamos ali e não poderíamos deixar de curtir tudo e mais um pouco, não é mesmo? Afinal, dormir a gente faz em casa. Ainda mais em Euros!!

Monte Pilatus, Suíça
Do alto do Monte Pilatus. Agosto/2017

Como era verão na Suíça, optamos em ir para o Pilatus pela manhã e vou escrever um pouco sobre esta montanha e nossa visita no post de hoje. Claro, o Monte Pilatus tem coisa para se fazer para o dia todo, então você não precisar correr como nós fizemos e pode seguir um ritmo mais devagar, ok?

O cume do Monte Pilatus faz a divisa entre os Cantões de Obwald e Nidwald e fica a 2.106m de altitude, onde chega o teleférico. Ali perto existe o Tomlishorn com 2.128m, mas só é alcançado com técnicas de alpinismo. Os dois picos ao lado da estação do teleférico são chamados de Esel (a leste da estação, com 2.118m) e Oberhaupt (a oeste, com 2.105m) e são facilmente alcançados a partir da estação usando as várias escadas que ali existem. Prepare as pernas, porque cansa, viu?!

Vai dormir onde? Já conferiu a seleção do Booking?

Para chegar ao Monte Pilatus existe duas formas: pelos teleféricos a partir de Kriens e pelo trenzinho de cremalheira a partir de Alpnachstad, que aliás é a ferrovia de cremalheira mais alta  e mais íngreme do mundo e opera apenas nos meses de degelo (geralmente de Maio a Novembro).

Nós saímos do Hotel às 8h e seguimos as orientações do recepcionista: pegar o ônibus "20" na parada Horw, descer no ponto Eichhof e pegar o "01" até a parada Zentrum Pilatus e andar até a estação do teleférico Pilatus-Bahnen na Gehristrasse. É fácil percorrer o trajeto, os ônibus são pontuais e além de tudo vem mostrando nos monitores as estações que vão passando. Mas levamos quase 1 hora para fazer esse trajeto todo.

Ônibus 20, Lucerna, Suíça
Ônibus 20 "cheio". Agosto/2017
Ônibus 01, Lucerna, Suíça, tabela de horário
A pontualidade suíça é comprovada nos pontos dos ônibus. Agosto/2017.
Ônibus 01, Lucerna, Suíça
Ônibus 01 vazio rumo a Zentrum Pilatus. Agosto/2017.
Estação para Monte Pilatus, Kriens, Lucerna, Suíça
Estação para o Monte Pilatus, em Kriens. Agosto/2017.

Como já tínhamos nosso Tell Pass (ok, ainda não fiz o post sobre este passe, mas fica de olho que logo ele será publicado!), passamos na bilheteria apenas para trocar pelo cartão magnético para as catracas. Se você não tiver o passe e quiser comprar o bilhete na hora, havia pouca fila na bilheteria e ainda tem a máquina automática que ninguém estava usando.

Bilheteria, Estação para Monte Pilatus, Kriens, Lucerna, Suíça
Bilheteria da estação em Kriens. Agosto/2017.
Bilheteria, Estação para Monte Pilatus, Kriens, Lucerna, Suíça
Use seu cartão e guarde-o para poder usar nos demais teleféricos e trenzinho. Agosto/2017

Quer passeios no seu destino? Confira a programação do Viator.

Para explorar Monte Pilatus você terá que escolher entre 5 formas diferentes:
  1. Excursão Pilatus: Kriens/Alpnachstad - Pilatus Klum - Kriens/Alpnachstad. Ingresso custa: CHF72.
  2. Golden Roundtrip, a mais popular de todas: são três "tipos":
    • Lucerna - Alpnaschstad - Pilatus Kulm - Kriens (exclui ônibus / navio): CHF99.
    • Lucerna - Alpnaschstad - Pilatus Kulm - Kriens - Lucerna (inclui ônibus / navio 2ª classe): CHF106.
    • Lucerna - Alpnaschstad - Pilatus Kulm - Kriens - Lucerna (inclui ônibus / navio 1ª classe): CHF120.
    1. Silver Roundtrip: são dois tipos:
      • Lucerna - Alpnaschstad - Pilatus Kulm - Kriens - Lucerna (inclui trem 2ª classe): CHF83,90.
      • Lucerna - Alpnaschstad - Pilatus Kulm - Kriens - Lucerna (inclui trem 1ª classe): CHF89,30.
    2. Especial de Inverno (Janeiro a Março):
      • Kriens - Pilatus Kulm - Kriens: CHF57,60.
      • Lucerna - Kriens - Pilatus Kulm - Kriens - Lucerna (inclui ônibus): CHF65,60.
    3. Taxas de retorno:
      • Kriens - Krienseregg - Kriens: CHF20.
      • Krienseregg - Fräkmüntegg - Krienseregg: CHF20.
      • Kriens - Fräkmüntegg - Kriens: CHF40.
      • Fräkmüntegg - Pilatus Kulm - Fräkmüntegg: CHF32.
    4. Seções: é possível comprar seções, o preço varia entre CHF10 e CHF52 para Adulto.

    Monte Pilatus, Kriens, Lucerna, Suíça, Golden roundtrip
    Modos de subir o Monte Pilatus. Fonte da Imagem: Me Joguei no Mundo

    Quem tiver os passes Tell PassSwiss Travel Pass ou Swiss Travel Flexi Pass pode fazer gratuitamente os passeios Golden Round TripSilver Round Trip e Excursão Pilatus. Crianças entre 6 e 16 anos e portadores do Swiss Pass tem 50% de desconto nas tarifas.

    Como a ideia era Pilatus pela manhã e Rigi a tarde, fazer o Golden Roundtrip nos tomaria muito tempo, pois o barco que faz o trajeto de Alpnaschstad até Lucerna leva entre 50 e 90 minutos. Como já iríamos pegar barco para seguir para o Rigi, então optamos em fazer o Silver Roundtrip, que pega o trem de Alpnaschstad até Lucerna. A Angela  fez o Golden Roundtrip, e no sentido inverso, e contou a experiência dela no Apure Guria.

    Vai de trem pela Europa? Confira os preços da sua passagem aqui!

    Subimos no teleférico apenas nós duas, apesar de caberem 4 pessoas. Levamos pouco menos de 30 minutos para chegarmos na estação Fräkmüntegg. Ali é possível fazer algumas trilhas, curtir o visual da montanha que cresce subitamente, fazer um lanchinho. No caminho existe a estação Krienseregg onde as crianças podem curtir o parque de arvorismo que tem ali.

    Teleférico subindo para o Monte Pilatus em Kriens
    Bondinhos rumo a Fräkmüntegg. Agosto/2017.
    estação Fräkmüntegg, Monte Pilatus, Suíça
    Paisagem na estação Fräkmüntegg, ótima para caminhadas. Há um restaurante ali. Agosto/2017.

    Para seguir para a estação Pilatus Kulm, deve-se pegar o bondinho "do dragão" - Dragon Ride -, pois ele tem um formato diferente da gôndola panorâmica, e "simula" o voo do dragão que viveria na montanha. Mas ao contrário das gôndolas que tê fluxo contínuo, o bondinho do dragão sai em horários previamente definidos.

    Lenda do dragão no Monte Pilatus, Suíça
    Existe a lenda de que um dragão vivia no Monte Pilatus, na caverna Mondmilchloch.
    Fonte da Imagem: www.pilatus.ch
    Bondinho Dragon Ride para chegar ao Monte Pilatus, Suíça
    Dragon ride para chegar ao Monte Pilatus. Agosto/2017.

    Essa parte o bondinho é maior e vai com uma galera e ele sobrevoa as montanhas com apenas uma torre de elevação no caminho e o visual é incrível!! Maravilhoso mesmo. A subida leva nem 10 minutos. Ou seja, da primeira estação até a última, sem paradas, você vai levar 40 minutos para chegar ao topo do Monte Pilatus usando o teleférico.

    Chegando no topo aproveitamos para apreciar a paisagem e toda a beleza dos Alpes. Sério, você não sabe para onde olhar!!

    Lago Lucerna visto do Monte Pilatus, Suíça
    Lago Lucerna, as cidades de Hergiswil, Horw e Lucerna (saindo da foto), e o Monte Rigi (centro da foto). Agosto/2017
    Monte Titlis, nevado, visto do Monte Pilatus, Suíça
    Monte Titlis visto do Monte Pilatus. Agosto/2017.
    Dobras e falhas no Monte Pilatus, Suíça
    Geologiaaaaa! Dobras e mais dobras nas paredes do Pilatus. Agosto/2017.

    Como começou a chuviscar, aproveitamos para dar uma volta nas lojinhas. Confesso que não resisti e comprei um relógio (tem coisa mais Suíça que um relógio?).

     Monte Pilatus, Suíça
    Lojas no Monte Pilatus. Agosto/2017

    Não deixe de ler também sobre o Monte Titlis e o Monte Rigi em nosso blog.

    Aproveitamos para dar um volta e fomos na caverna esculpida na montanha que termina numa escadaria enorme, que leva até o Pico Esel. Prepare as pernas e o coração, porque cansa a subida. Pior ainda é perceber como a galera sobe tranquilamente e ainda tem quem faça as trilhas super íngremes e na beira do precipício de boa.

     Monte Pilatus, Suíça
    Escadarias no Monte Pilatus. Haja coração. Agosto/2017

    Depois de termos subido o Esel, ficamos na maior preguiça de subir o Oberhaupt. Fora que nosso tempo já estava acabando, ainda iríamos encarar subir no Monte Rigi!!!

    Pico Esel, Pico Oberhaupt, Hotel Bellevue, Monte Pilatus, Suíça
    A vista compensa tudo!! Descendo Esel, vendo Oberhaupt. Agosto/2017

    Assim, nós seguimos para fazer a descida pelo trenzinho, mas ainda não estava na hora, havíamos acabado de perder um. Resolvemos esperar tomando um belo sorvete e comprar nosso lanche para comermos durante nossa "viagem" até Lucerna.

    Trem de cremalheira, Monte Pilatus, Suíça
    Trem de cremalheira que liga Alpnachstad ao Monte Pilatus. Agosto/2017.

    Assim que o trenzinho chegou (pegamos o das 12h15) nós embarcamos. O trenzinho de cremalheira funciona no seguinte esquema: são 8 vagões que compartilham um único trilho, onde 4 sobem e 4 descem ao mesmo tempo, mas com pequeno intervalo de tempo entre eles para que tenham tempo hábil para agir caso aconteça algum acidente, já que estamos falando no trem mais íngreme do mundo! No meio do caminho, o trilho é duplicado e os quatro que estavam subindo param, e os outros quatro que estavam descendo também param, e então vão trocando de trilho aos poucos. O esquema é bem interessante e a viagem pelas curvas e paredes íngremes do Monte Pilatus e suas bela paisagens vão distraindo nossos olhares.  Toda a viagem leva 40 minutos.

    Trem de cremalheira, Monte Pilatus, Suíça
    Esperando o trem partir rumo a Alpnachstad. Agosto/2017
    Trem de cremalheira, Monte Pilatus, Suíça
    Verdes campos e montanhas na descida. Agosto/2017

    Nós chegamos em Alpnachstad e percebemos que a fila da estação estava meio grandinha já. Mas saímos correndo porque o trem para Lucerna já estava na estação a apenas 30m dali.

    Trem de cremalheira, Monte Pilatus, Alpnachstad, Suíça
    Estação em Alpnachstad para o Monte Pilatus. Agosto/2017

    O trem entre Alpnachstad até Lucerna levou pouco menos de 20 minutos, onde chegamos na estação principal da cidade, às margens do Rio Reuss e em frente ao barco que pegamos para ir até o Monte Rigi, mas isso já é história para o próximo post.

    Trem de Alpnachstad a Lucerna, Suíça
    Lago Lucerna, visto do trem que liga Alpnachstad a Lucerna. Agosto/2017.

    Vai pro exterior? Não se esqueça do Seguro de viagem

    Quem quiser, pode aproveitar e se hospedar nas montanhas:
    1. Hotel Pilatus Kulm
    2. Hotel Bellevue

    Hotel Pilatus-Kulm, no alto do Monte Pilatus, Suíça
    Hotel Pilatus Kulm, no Monte Pilatus. Agosto/2017

    Para os aventureiros (ou nem tanto assim) é possível pular de parapente, fazer trilhas e caminhadas, arvorismo (a partir de CHF 28/adulto),  piqueniques, observar as estrelas (de maio a dezembro, necessidade de reserva prévia pois o pacote inclui hospedagem nos hoteis do Monte Pilatus), assistir a shows (pesquise a agenda previamente), Tobogã (a Fräküniga é a pista de tobogã de verão mais longa da Suíça e fica na estação Fräkmüntegg), entre outras atividades.

     
    Vai alugar carro? Faça sua reserva com a RentCars!

    Antes de subir, não deixe de ver o horário de funcionamento do trem de cremalheira e dos bondinhos para não ser pego de surpresa, ok?

    Site oficial: Pilatus

    2 comentários

    1. Olá! Pelo que entendi com swiss pass não se paga mais nadinha para qualquer uma das opções, certo? Precisa reservar ou trocar por ingresso?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Você terá que apresentar seu Swiss Pass na bilheteria para pegar o ingresso.

        Excluir

    Reserve seu hotel

    Booking
    Zarpo

    Seguros de viagem

    World Nomads Seguros de Viagem
    Allianz Mondial Seguros
    Banner 2 Use EAIFERIAS5 para ter 5% de desconto no Seguros Promo

    Aluguel de carro

    Ingressos para as principais atrações de Orlando

    Trem na Europa

    O melhor lugar para sua viagem de trem