Nova Iorque - Custos de viagem

Depois de vários posts sobre nossa viagem para Nova Iorque, finalmente vamos ao que interessa ao leitor, quanto custa, em média, uma viagem deste porte?

Bem, várias coisas temos que ter em mente quando planejamos uma viagem desse tipo: meu estilo de viagem é diferente do seu, que é diferente do seu amigo. Cada um tem um gosto diferente, mas a média acredito que será bem parecida. Não sou daquelas que gastam rios de dinheiro nas Bloomingdale's da vida, mas adoro uma tecnologia (Best Buy e B&H Photo são sempre visitas garantidas!).

Snow at Central Park
Skyline de Nova Iorque vista do Central Park. Fevereiro/2015.

Outra coisa, viajamos numa época de dólar já não tão favorável (hoje menos ainda!), e pegamos várias cotações ao longo da compra da passagem e na volta, com a fatura do cartão. Para minimizar o estrago, comprando o dólar aos poucos conseguimos uma media de R$2,65 em cada dólar levado. Já a fatura fez estrago, pois fechou bem numa época alta e ficou na cada dos R$3,10!

Ainda, eu gosto de ficar em hotel que nos dê certo conforto, não gosto de sair de casa para passar apuro, e acredito que você também não. Já dormi em muita espelunca na época dos trabalhos de campo da faculdade de Geologia, mas agora é hora de aproveitar um cadinho, né não?

Assim, qual foi a média dos nossos gastos? Vale lembrar que viajamos numa época de "baixa temporada" para eles, pois com neve alguns itens tendem a ficar mais em conta do que no verão bombando. Os valores foram para fevereiro de 2015.


Passagem de avião

 Este é um caso a parte, pois a gente conseguiu comprar as passagens super barato, num erro da GOL, onde elas saíram por pouco mais de R$2600,00 para 4 pessoas (compramos assentos para as meninas também!). Ou seja, preço como esse é bem pouco provável que você consiga também (eu acho que  nunca mais consigo algo assim!!!). Então sugiro fortemente que acompanhe sites e blogs que avisam de promoção de passagem aérea para conseguir aquele desconto. A média atual de passagem aérea está na casa dos US$500/pessoa para cima.

Vai dormir onde? Já conferiu a seleção do Booking?


Hospedagem

Chamem-nos de loucos, mas com criança, dependendo do destino, eu gosto de comprar a hospedagem um dia antes da nossa chegada. E este foi o caso para Nova Iorque, chegaríamos às 5h (se não tivesse havido troca dos voos pela Delta, como contei aqui), e como não queríamos ficar perambulando a toa por aí, reservamos o hotel Beacon de 13 a 20/2, sendo que chegaríamos no dia 14 pela manhã. Assim, nós teríamos abrigo antes das 16h, que é o horário comum de abertura de check-in dos hoteis norte-americanos. O custo da diária do hotel Beacon (já com taxas e tudo mais) foi de US$235,40.


Traslado Aeroporto - Hotel

Como já fiz post sobre isso, sabemos que é possível fazer o trajeto do aeroporto até a Ilha de Manhattan pelo sistema metroviário da cidade. Ainda, é possível utilizar os táxis da cidade ou contratar os serviços de Shuttle. Como pesquisei nas páginas dos Shuttles e eles não possuem cadeirinha de criança no transporte e jogam a responsabilidade deste equipamento para os pais, e eu não estava a fim de ficar carregando as nossas para este trajeto apenas, optamos por contratar o serviço de um brasileiro para nos levar e buscar, como contei aqui. O custo total de leva e traz, com a cadeirinha de bebê para a Laura disponibilizada pelo próprio Rodrigo, foi de US$248,00

Vai pro exterior? Não se esqueça do Seguro de viagem


Metrô

Nova Iorque é uma cidade para se conhecer a pé. Alugar carro lá é inviável, até mesmo porque os hoteis não possuem garagem, e quando têm, o valor médio da diária do estacionamento é de US$40. Fora o tempo que você vai gastar nos engarrafamentos da cidade... Opte por andar de metrô. Compramos o passe de uma semana por US$31/adulto. Criança até uma certa altura não paga. Conto como nos viramos aqui.


Atrações

O valor gasto nas atrações vai depender do que você vai fazer. A gente, por exemplo, optou em não ir a nenhum show da Broadway e nem na Ilha da Liberdade. Preferimos passear pelos Museus da cidade e algumas lojas. Se você optar por fazer várias coisas, é sempre bom avaliar qual passe da cidade lhe trará mais benefícios, uma vez que a cidade dispõe de três passes de atrações diferentes. No nosso caso, preferimos pagar separadamente as atrações. Assim, o custo deste tipo de diversão deve ser consultado nos próprios sites dos locais que você deseja visitar. Se deseja economizar, sugiro sempre pesquisar quais os dias (ou horários) gratuitos de cada atração, ou ainda "modos de ver" diferente (como fizemos a Estátua da Liberdade, optamos em usar as barcas gratuitas para Staten Island).

 
Vai alugar carro? Faça sua reserva com a RentCars!


Alimentação

Nós ficamos em um hotel que tinha cozinha (micro, ok, mas funcional!) e que ajudou bastante em alguns momentos, principalmente para fazer (ou esquentar) a comida das meninas. Comemos em lugares bons, de valores medianos. Não atacamos MC Donald's, mas também não fomos em nada muito chique que nos custassem os olhos da cara. Visitamos Carmine's, Dallas BBQ, Del Frisco's Grille, Olive Garden, por exemplo, mas também pedimos comida no quarto (Viand Cafe, embaixo do nosso hotel). E também compramos item no Fairway Market em frente ao hotel para podermos fazer nosso café da manhã. E claro, não podemos esquecer as docerias Carlo's Bake Shop, Alice's Tea Cup, Magnolia Bakery... Assim, nosso gasto médio com alimentação foi de US$90/dia para nós 4 (lembrando que alguns lugares a gente dividia o prato e o que sobrava, quando era muita comida, a gente levava para o hotel para fazer a refeição seguinte).


E aí, os valores te ajudaram a ter uma ideia de gasto? Qual a sua média? 

Espero ter ajudado no seu planejamento. Faça uma boa viagem. =D

2 comentários

  1. Camila, meu filho e eu fomos no ano passado. Justamente quando o dólar estava altíssimo. Nossa média foi por aí, porque também conseguimos algumas promoções (não assim como a da Gol, que pena!). Economizamos muito com hospedagem, porque alugamos um quarto pelo Airbnb - três vezes mais em conta do que se ficássemos em hotel. Fomos de Shuttle e voltamos de metrô numa boa. Usamos o metrô a semana inteira com aquele cartão para uma semana. Estávamos perto do metrô, então, deu para fazer MUITA coisa: muitos museus, um show da Broadway para o pequeno, Estátua, Empire State, The top of the rock, zoológico do Central Park, Strawberry Fields, piqueniques e parquinhos no Central Park. E o que ele mais gostou mesmo foi a loja Lego do Rockefeller Center.
    Já estamos com vontade de voltar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente vai dando jeitinho, mas nunca deixa de ir.

      Excluir

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo

Seguros de viagem

World Nomads Seguros de Viagem
Mondial Seguros
Corretora Real Seguro de Viagens

Passeios no seu destino

Viator

Aluguel de carro

Trem na Europa