Nova Iorque - Voando GOL e DELTA (e TAM de quebra...) - Aproveitando "erro da Gol" de Maio de 2014.

Como acredito que já tenha comentado aqui no blog, a viagem para Nova Iorque surgiu do nada, o clique veio do erro do site da Gol, onde compramos as passagens para toda a família pelo preço de apenas um adulto, no que acreditavamos ser uma baita promoção da empresa aérea. Quando revelou-se que foi um erro, mas que ela cumpria com as passagens vendidas, confesso que ficamos meio ressabiados se tudo funcionaria a contento, mas outros amigos também aproveitaram este "erro" e viajaram sem problemas antes da gente para diversos outros lugares, que nosso medo passou e mergulhamos de cabeça no planejamento desta viagem.

A data, carnaval, foi escolhida de supetão, uma vez que já tínhamos as férias de outubro comprometidas para Orlando (oh coisa boa) e assim não teríamos outro período com intervalo de descanso tão longo quanto os dias de folia brasileiros. Depois de emitir as passagens é que meu marido me lembrou que seria inverno em Nova Iorque e que se repetisse o inverno daquele ano, enfretaríamos algumas nevascas! Gelei! hahaha Mas cruzamos os dedos, encomendamos um monte de casacos e embarcamos na viagem!

O relato de hoje é sobre o voo de ida e de volta, com vários imprevistos, alguns pequenos perrengues, mas que no final tudo deu certo. Voamos até de TAM que não estava previsto, para se ter noção do que foi o pinga-pinga de aeroporto!

Voando Delta. Fevereiro/2015.



Ida - 13/02/2015 

O voo de ida comprado era Galeão (GIG) - Guarulhos (GRU) às 19:26h e GRU - Nova Iorque (JFK) às 22:20h. De malas arrumadas, estavamos esperando o taxi chegar, por volta das 16h, quando às 15h, uma funcionária da Delta nos ligou e perguntou se poderia mudar nosso voo, pois o GRU-JFK estaria com problemas na porta e que eles precisariam bloquear 9 assentos, com isso, precisariam realocar alguns passageiros. E nos ofereceram o voo GIG - Atlanta (ATL) das 22h e ATL - JFK por volta das 8h, onde chegaríamos em Nova Iorque às 10:30h. Olha, eu não quis colocar minha fé a prova e então trocamos o voo de bom grado. Ganhamos a classe confort na perna ATL-JFK, e fomos todos juntos em ambos os voos. Ok, perdemos a programação da manhã do dia 14, mas fazer o que, sei lá qual sinal que nos estava sendo enviado!! hahaha Trocamos o horário do taxi para ir para o Galeão e o transfer para nos pegar no JFK, assim como avisei o hotel que ficamos hospedados, já que eu havia reservado o mesmo a partir do dia 13, para poder chegar e entrar no quarto, sem ter que esperar o horário das 15h para fazer check-in com duas crianças e muito frio lá fora.

Chegamos no Galeão dentro do horário previsto e ao invés de irmos para o check-in da GOL fomos para o da Delta conforme orientação ao telefone. Fomos atendidos rapidamente, e logo as malas já estavam despachadas. Ficamos apenas com o carrinho que seria despachado na porta da aeronave e as malas de mão: duas mochilas com as coisas das meninas (sucos, água, biscoitos, umas mudas de roupa, fraldas, mamadeiras e leite em pó) e uma mala de bordo com nossos casacos e luvas e um traje de frio completo para as meninas quando chegássemos ao nosso destino. Fomos lanchar qualquer coisa, pois as meninas já tinham jantado e nós ainda não e não gosto de ficar dependendo de comida de avião porque nunca é boa suficiente... Procuramos o Domino's da nova praça de alimentação da parte interna do Galeão e para a nossa surpresa a pizzaria e outros restaurantes ficam numa área de bypass, que ora serve voos domésticos, ora voos internacionais. E na nossa hora estava servindo para o doméstico e teríamos que esperar o povo terminar de comer, para que o pessoal do Galeão pudesse esvaziar a área e então para abrir para o voo internacional, já que não se pode misturar as duas populações... Na hora que a porteira abriu foi aquela debandada. Fui comprar pizza e Jade pediu sorvete do Mc Donald's. O cartão resolveu não funcionar no Domino's (estavam sem sistema...) e tive que pegar o dinheiro com eles na fila do sorvete. Sentei e quando olho de novo, Jade estava chorando porque não tinha sorvete, pois a máquina estava com defeito. Poxa, uma fila grande daquele jeito e eles nem para avisar?! O Galeão ainda precisa melhorar também acesso a bebedouros, de todo o terminal 2, apenas havia bebedouro funcionando próximo ao portão 40!

O voo de ida até Atlanta foi "padrão", a aeronave era 2x3x2, com tomada (de pinos chatos) e TV individuais, e então sentei com a Laura na frente e Jade com o pai atrás. Gosto de comprar assento para a Laura, pois voos longos com ela no colo é cansativo para mim e para ela, assim ela dorme e eu afivelo o cinto, deixando-a protegida. Não enviaram a comida das meninas, apesar de eu ter solicitado dias antes através do site... Serviram jantar logo assim que subimos e o café da manhã faltando uns 90 minutos para aterrisarmos. Jade e Laura se distrairam um pouco com os filmes da telinha das poltronas, que tinham poucas opções de filme infantil em português. Mas logo elas dormiram. Não houve turbulências, foi um voo tranquilo. Só ora Jade reclamava, ora Laura, ora dois cachorros que estavam do nosso lado! hahahaha

Chegando em Atlanta. Hub da Delta. Fevereiro/2015.

Em Atlanta, o carrinho nos foi entregue rapidamente na porta do avião. A fila de imigração estava ENORME! Levamos 1h para chegar até o oficial, que não nos deixava nem tocar no guichê. Fez umas perguntas básicas, e logo entramos. Pegamos as malas, e passamos pela "receita" deles, e o senhor encrecou com o fato de eu ter pego a garrafa de água do voo para levar para terra e fazer mamadeira para as meninas que "eu deveria comprar a água". Ah, me poupe, já estava muito bem paga, ou ele acha que isso é de graça?! Então redespachamos logo após e continuamos com o carrinho. Fui trocar a fralda da Laura e levar a Jade ao banheiro, e como não achei a mesinha de trocar a fralda, fui trocar com a Laura de pé mesmo. E o que acontece? Ela faz xixi perna abaixo, molhando todo o chão, calça, sapato, meia, o ó! Tive que quase enviar a guria na torneira, dando conta da Jade e das coisas ao mesmo tempo. Finalmente consegui colocar a fralda na Laura e a roupa extra. Fomos finalmente para o nosso portão para embarcarmos para Nova Iorque. Lá, houve confusão com a passagem da Laura e ficamos a maior tempo até que eles conseguissem resolver... Mas resolveram e finalmente entramos e entregamos o carrinho na porta da aeronave novamente. A sempre sempre despacha o carrinho dentro de uma sacola para protegê-lo. O Voo Atlanta-Nova Iorque foi tranquilo, serviram pretzels e suco.

TV individual e um aperitivo da programação disponível
no voos internacionais da Delta. Fevereiro/2015.

Chegamos no JFK e ficamos mais de 20 minutos esperando o portão que iríamos entrar ficar pronto. Finalmente descemos e o finger estava congelante, ainda bem que já tinhamos colocado o casaco nas meninas durante o voo, que foi ficando cada vez mais frio a medida que nos aproximávamos de nosso destino. Pegamos o carrinho e fomos pegar as malas. O aeroporto é enorme, e então andamos pacas, o carrinho ajuda bem nessas horas. O nosso transfer (merece um post exclusivo, porque o menino é super gente boa =D) já estava nos aguardando e foi estacionar o carro e nos ajudar com as malas. Sair do aeroporto e entrar no carro, foi a mesma coisa que entrar dentro da geladeira! rs

Volta - 20/02/2015

O voo da volta previsto era o JFK-GRU da Delta das 20:01, chegando em São Paulo às 09:05 e então pegaríamos o voo da GOL GRU-GIG das 11:25, chegando no Rio às 12:34h. Assim, marcamos nosso transfer às 15h. Eu achei que seria cedo demais, mas ele insistiu e com toda razão, a cidade pára sexta, saí todo mundo de carro!! Levamos quase 2h para sair de Manhattan e ir para o JFK! Se você for no verão, a dica é aproveitar os pontos de despache de malas e check-in logo na rua da Delta, pois assim você não precisa nem de carrinho de malas. Mas como estava MUITO frio e não pode ficar estacionado ali, optamos por estacionar o carro e então usar os carrinhos que ficam largados pelo estacionamento (economizamos uns 6 dólares nessa graça - economizamos 10 dos dois carrinhos, mas pagamos 4 do estacionamento! rs). Na Delta, se você não tiver feito check-in online, você deverá fazê-lo nos totens que tem em frente ao guichê para então ir para o guichê despachar as malas. Novamente teve problemas com a passagem da Laura, dessa vez a Gol havia colocado o meu Smiles na conta dela e estava dando que eu já havia feito o check-in. Eles tiveram que desmembrar as pernas da reserva dela para poder liberar o embarque nos EUA, e então teríamos que pedir reimpressão da passagem dela assim que aterrissassemos em São Paulo. Finalmente resolvemos isso e fomos logo para a área de embarque. A fila de raios-x estava enorme novamente. Como tinha filme fotográfico que não pode passar nos Raios-x, pedi verificação manual. E tinha água da mamadeira também. Então eles verificaram as mamadeiras, e fomos liberados. Fomos para o nosso portão de embarque, mas antes paramos para lanchar no Shake Shack do terminal. Lanchamos e fomos para perto do portão.

Tava tão sujo que fiquei com nojinho!rs
Entrada USB no voo JFK-GRU. Fevereiro/2015.
Embarcamos com a prioridade no voo JFK-GRU, uma vez que estavamos com criança de colo, e despachamos o carrinho na porta da aeronave. Sentamos e aguardamos todos guardarem suas coisas. Nós levamos uma bolsa molinha e grande vazia para assim que tirássemos os casacos poder ter onde guardar. Nosso voo atrasou 1h para levantar voo pois os tanques de água do aeroporto estavam congelados, e eles tiveram que arrumar caminhão pipa para resolver... Tínhamos TV individual e apenas saída USB (que não testei).

Foi servido jantar: Lasanha vegetariana. salada com camarão e outro trem lá. Cada um de nós pediu uma coisa, e para a Laura eu consegui pelo menos papinha de bebê da Delta (serviram uma de maçã de vidro da Gerber, duas de maçã com banana e cereais de plástico da Gerber e um Similac pronto). Não conseguimos comer nada de tão ruim que estava. Sorte nossa termos lanchado no terminal! O voo foi tranquilo e sem turbulências, confesso que eu e Laura dormimos o voo todo, e Jade dormiu um pouco melhor, e Cleber mal pregou o olho! rs Acordei no café, faltando uns 70 minutos para chegarmos em São Paulo. O café também estava pavoroso! Um pão ultra-quente com um ovo com pimentões! Terrível! Mal tomei o suco de laranja (congelado...).

Em Guarulhos, chegamos atrasados, obviamente, recebemos nosso carrinho na porta do avião e fomos para a Imigração. No caminho perguntei qual seria o voo que teriam nos realocados e fomos informados que haviam nos colocado no voo da TAM das 13:55h, menos mal. Passamos pela Polícia Federal pela fila de prioridade. Pegamos nossas malas que vieram rápido e fomos para a imigração. Nem Free Shop fizemos, porque não teríamos mão mesmo para carregar as coisas. Passamos pela Receita Federal e foi tranquilo, afinal as malas só tinham casacos e umas coisas aqui e acolá, já que o dólar quase 3 para 1 pesou bastante!

Fomos para o guichê da TAM redespachar as malas e fizeram uma zona com nossas cadeiras, estavamos todos separados: 1B, 2C, 2D e 3B. E isso é proibido por lei quando se viaja com menores de 12 anos. Mas a moça falou que os comissários teriam que resolver quando chegassemos dentro do avião. Despachamos as malas e fomos lanchar, pois estavamos com muita fome. Comemos no Pizza Hut mesmo e fomos para o portão de embarque.

Novamente entramos no avião (GRU-GIG) usando a prioridade da Laura e despachamos o carrinho na porta da aeronave. Sentamos e um casal que estaria nas poltronas 2A e 2B nos cederam os lugares de boa. Que bom!! =D O voo foi tranquilo e rápido. A TV era "comunitária, ainda bem que o voo é rápido, porque Jade reclamou, mas isso foi resolvido dando o celular em modo avião para distraí-la.

Chegamos no Galeão e a prova que voltamos ao Brasil logo é dada: o carrinho não é entregue na porta do avião por falta de pessoal. Também pudera, não teria como usar já que não tem elevador para descer para o andar da esteira... Bora para escada rolante, onde o povo tenta entrar na sua frente a todo custo. Chegamos finalmente na esteira, que nem ligada estava ainda. Ligaram a esteira e a imagem das cameras pareciam mostrar uma imagem congelada, pois as malas começaram a aparecer, mas em momento algum vi o tratorzinho que as traz... Enquanto um esperava as malas, o outro observava se os carrinhos (trouxemos o antigo e um novo) apareciam na porta de despache de malas "fora do padrão". O antigo apareceu rapidinho... As malas demoraram pra caramba para chegar. Posso dizer que ficamos mais tempo esperando as malas do que no trajeto São Paulo-Rio! Um verdadeiro terror! Quando finalmente apareceram, o carrinho novo necas. Tive que procurar um funcionário e pedir para ele checar. Daí ele veio com um papo de que já tinha entregue um carrinho numa sacola sim. Para a minha sorte, eu estava observando e o tal carrinho sim havia sido entregue, mas a sacola era vermelha e o carrinho era simples, que o nosso a sacola era laranja, tinha o nome das meninas e o carrinho era duplo. Lá foi ele buscar e voilá o carrinho apareceu! E se eu não tivesse prestando atenção?!?!?!



Minha opinião ao final de tudo: aceitar a troca de voo na ida atrapalhou todo nosso primeiro dia, mas sei lá se era algum sinal divino! rs O voo foi bom, mas achei as aeronaves da Delta um pouco piores que as da Copa, que voamos em outubro. Eu com certeza voaria novamente Copa, talvez Delta, evitaria American e TAM! rs A volta foi atrasada não por causa deles, e eles resolveram da melhor maneira possível, pois o voo seguinte da GOL era apenas às 18h!! Não houveram turbulências e os funcionários são muito gentis e prestativos (ao contrário dos da American quando voamos em 2009, então não sei como estão agora). Só acho que a Delta tem que melhorar a opção de alimentação, porque pelamor, a volta foi tétrica nesse quesito!! Se eu dei 8 para a Copa em outubro, darei uns 7,5 para a Delta!



Dicas: 
- Se sua conexão for nos Estados Unidos, sempre pegue voos com no mínimo 2 horas de intervalo, para dar tempo de você fazer a imigração, e ir até o portão, principalmente com crianças!
Sacola com o carrinho.
Pronto para ser entregue na porta da aeronave.
Fev/15.
- Sempre leve consigo kit completo de frio caso esteja indo para qualquer destino no inverno, pois sem isso estaríamos mais congelados que o vestido da Anna em Frozen.
- Sempre leve a bordo mudas de roupas para as crianças, porque fraldas vazam. Ah! Leve muitas fraldas, leite em pó, rs
- Embale seu carrinho em sacola própria para despachar, assim você protege o mesmo e evita arranhões, sujeira nos assentos, etc.
- Voando Delta, saindo do JFK, em épocas mais quentes, use os pontos de check-in ainda na rua, no ponto de embarque, assim você tira as malas do carro e já despacha ali mesmo.
- Se preferir estacionar, o pessoal deixa os carrinhos de mala largados pelo estacionamento, assim você economiza US$5 por carrinho. (Mas o estacionamento custa US$4! rs).
- Prestar sempre atenção na esteira do Galeão, pois os funcionários nem sempre estão de bom humor para ajudar.

2 comentários

  1. Engraçado que suuuper indicaram a TAM como sendo a melhor cia e falaram pra evitar a Copa... Interessante ver o outro lado. Você fez algum post sobre os contratempos com a TAM? Gostaria de saber o que houve ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Michele, já fiz sim, no meu antigo blog. Vou trazer hj para cá para poder então ajudar você =D

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo

Seguros de viagem

World Nomads Seguros de Viagem
Mondial Seguros
Corretora Real Seguro de Viagens

Passeios no seu destino

Viator

Aluguel de carro

Trem na Europa