Dólar alto = Mudanças de plano para as férias?

Dólar subindo, economia balançando, especulações para todos os lados... E você com as suas férias todinha planejada, vendo o sonho ruim por água abaixo, não é mesmo? Não sei vocês, mas passei algum tempo pesquisando as próximas férias, imaginando, cotando, e a situação do câmbio atual jogou um belo balde de água fria.

A gente estava planejando uma Road Trip pela Califórnia, com a família de mais três amigas. Seríamos 8 adultos e 5 crianças, em 3 carros, numa viagem planejada, idealizada, mas que furou. Nós não queríamos abrir mão de nada do que havíamos sonhado, então dessa vez optamos por postegar este roteiro e acabou que cada um vai decidir separado o que fazer com os seus 30 dias de descanso anuais.

Para decidir para onde eu e minha família vamos, entrei no grupo do facebook de Viagens em família que participo, e os membros como sempre foram muito solícitos. Peguei algumas dicas e cotei os destinos usando dicas de roteiros de viagem com crianças já publicados pelos blogs amigos. E vou trazer para cá, para você conhecer o resultado e para que você também saiba qual foi o meu achado e não achar que fiquei louca sozinha hahahaha.

Subida do dólar
A alta do dólar, te afetou? Fonte: http://pixabay.com/


O Roteiro Inicial - Projeto Califórnia - 23 dias (extensível a 27 dias)

Nosso roteiro para Califórnia era:

Disneylandy Resort
Parque da Disney, na California. Completando 60 anos
sem mim... Fonte: Wikipedia
- 5 noites em San Francisco: incluindo um dia de compras, conhecer a Golden Gate, Lombart Street, Pier 39, Museu da Família Disney, o parque natural Point Reyes San Rafael, entre outras coisas. Estava na verdade cotando hoteis fora da cidade, e olhei por alto o Best Western Corte Madera Inn em San Rafael.
- 2 noites em South Lake Tahoe: sairíamos de San Rafael pela manhã e partiríamos para South Lake Tahoe, chegando no meio da tarde, percorrendo 188 milhas. (Rota aqui). Teríamos um dia livre para dar a volta no lago e conhecer algum ponto que achassemos interessante. Para cotação, eu estava analisando o Holiday Inn Express South Lake Tahoe.
- 2 noites em Yosemite: sairíamos de South Lake Tahoe e partiríamos para o Parque Natural de Yosemite, usando as rodovias 395 e a 120, chamada de Tioga Road que só abre alguns meses por ano por causa de neve. (Dica daqui). (Rota aqui sem a parte do Tioga Road, pois o Google Maps não me deixava de jeito nenhum colocar o trecho pois agora ela estaria fechada rs). O trajeto dura umas 5horas e indicam visita no Mono Lake, inclusive. Teríamos um dia livre para explorar um pouco do parque natural. Minha vontade para o parque era ficar hospedada dentro do parque, mas descobri que eles lotam com MUITA antecedência (veja pelo lado bom: quando o projeto sair do papel, já saberei disso! rs), então cotei o Mammoth Lodge, pois todos de Yosemite Village já estavam lotados.
- 2 noites em Monterey: sairíamos de Yosemite para Monterey, percorrendo 197 milhas pelas rodovias 140 e 152. (Rota aqui). Faríamos a 17 Mile Drive, o Aquário de Monterey, a reserva Point Lobos. Aqui eu estava olhando o hotel Best Western Park Crest Inn.
- 1 noite em Santa Maria: saindo de Monterey a caminho de Los Angeles, via a famosa Highway 1. Mas como o caminho é um tanto longo (pelo menos eu não encaro 8h na direção com 2 crianças no carro), optamos por um pit stop estratégico no meio do caminho. A distância entre Monterey e Santa Maria é de 177 milhas. Não cheguei a decidir qual hotel que ficaríamos aqui. (Rota aqui)
- 9 noites em Los Angeles: terminaríamos de percorrer as 155 milhas que faltaria para Los Angeles no dia seguinte ao pit stop em Santa Maria. (Rota aqui). Em Los Angeles, faríamos o Six Flags Magic Mountain, Knott's Berry Farm, Universal Studios Hollywood, fechando claro com Disneyland Resort e California adventure. Também tinhamos reservado um dia para compras, um dia para praia, um dia para explorar a cidade (calçada da fama, as letras HOLLYWOOD, etc). Aqui recebi várias dicas de estadia, mas para fins de cotação estava olhando o Best Western Courtesy Inn.

Nem todos fariam todos os dias, e alguns emendariam para mais 4 ou 5 noites em Las Vegas. Mas eu deixaría Vegas para outra oportunidade... rs

As passagens seriam tiradas por milhas, e talvez por isso a gente estava esperando um pouco, pois estávamos aguardando uma boa oportunidade de trocar e o dólar disparou. Assim, abortamos a missão no meio do caminho.

Tá querendo saber qual o valor estimado para uma viagem dessa? Calma... ainda tem mais post! rs

Dólar subiu - 'bora ver outras opções!

Assim: vi as seguintes opções

Cordilheira dos Andes
Vista aérea do Andes. Fonte: Wikipedia
1) Road Trip Santiago - Mendonza - Neuquén - Bariloche - Pucón - Santiago (18 dias). Como boa geóloga que sou, sou louca para fazer um trecho dos Andes de carro. Então seria uma boa opção em substituição à Road Trip Californiana. O roteiro que usei de base para cotar eu tirei do post Viajando com Pimpolhos. O mapa do google que montei você pode acessar aqui. As passagens a gente iria tirar algumas por milhas e outras compraríamos.

2) Portugal: Chegando pela cidade do Porto, passando por Aveiro e voltando por Lisboa (13 dias). Europa para mim é algo para quando as meninas estiverem estudando história e poder ir visitar o que você está estudando acho que deve ser uma sensação e aprendizado único. Assim, usei como base outro post do Viajando com Pimpolhos para cotar uma possível viagem. As passagens a gente iria tirar algumas por milhas e outras compraríamos.

3) Iberostar Praia do Forte (7 dias): sugestão dada por uma dos membros do grupo. Entrei no site do próprio resort e apenas cotei o período de 7 dias, all inclusive. Mas não acrescenter traslado. As passagens poderíamos tirar por milhas.

4) Chile (18 dias): roteiro da Helen W., pelo grupo. Ela chegou por Santiago (ficou 3 dias), alugou carro e fez Pucon (3 noites), San Martin de Los Andes (2 noites), Bariloche (4 noites), Puerto Varas (4 noites) e Santiago (mais 2 dias). Na ida de Santiago pra Pucon passou 1 noite em Bulnes (perto de Chillan) e na volta, de Puerto Varas pra Santiago, uma noite em Valdivia e uma em Bulnes.

5) Sul do Brasil (Serra Gaúcha com Beto Carreiro) (18 dias): 3 noites em Porto Alegre, 7 na Serra Gaúcha, 2 Lages, 3 em Penha e 2 em Florianópolis. Alugando carro em Porto Alegre e devolvendo em Florianópolis. Neste caso, resolvi cotar usando o AirBnB, pois pelo preço que olhei usando o Booking me pareceu bem similar, já que na maioria dos hoteis brasileiros, a nossa configuração 3 Adultos e 2 crianças, é necessária a reserva de 2 quartos. (Acredite, monte de hotel nem aceita 2 adultos e 2 crianças no mesmo quarto!)
Curitiba, Paraná, Sul do Brasil
Jardim Botânico de Curitiba. Fonte wikipedia

6) Curitiba - Florianópolis (com Beto Carreiro) (18 dias): 4 noites em Curitiba, 3 em Penha, 3 em Balneário Camburiú, 3 em Costão do Santinho (ficando no resort), 4 em Florianópolis. Alugando carro em Curitiba e devolvendo em Florianópolis. Cotei hoteis com café da manhã apenas (claro com exceção do Resort), sem microondas no quarto (nem sei se temos este tipo de "regalia" em hotel no Brasil - alguém sabe? Me indica?), com estacionamento grátis.

O carro cotado para todas as viagens cabem 3 adultos e 2 crianças e suas malas; ou seja para os EUA cortei uma Minivan, para Chile uma SUV, para Brasil (5 e 6) uma Duster Automática (pois tenho observação na carteira de motorista que me obriga a dirigir carro automático).

Vamos ver a tabela de comparação? Nela considerei apenas o custo de passagem (quando tem milhas eu procurei acrescentar o valor das taxas dos aeroportos que são devidas), hospedagem, aluguel de carro e extras (apenas ingressos de parques, mais para a viagem da California e as que incluem o Beto Carreiro).Os valores são mostrados em dólar, pois para compararmos países diferentes temos que escolher a mesma moeda, certo? O valor de conversão foi de R$3,30. Os valores foram cotados para uma viagem entre Agosto e Setembro deste ano.
Não considerei custos com alimentação, estacionamento e combustível.


Destino

Dias

Custo Passagem

Custo Hospedagem

Custo Aluguel de Carro

Seguro de viagem

Extras (3)

Gasto Total em Dólar
Gasto Total em Real
Custo por dia em $

Custo por dia em R$
R$ 3,30
Chile & Argentina17(1)$3.174,91$1.982,92$232,00-$5.389,83R$ 17.786,43$317,05R$ 1.046,26
California23$1.240,87$3.291,93$689,07$369,18$1.231,91$6.822,96R$ 22.515,78$296,65R$ 978,95
Portugal13$2.130,55$1.104,24$1.107,24$302,81-$4.644,84R$ 15.327,98$357,30R$ 1.179,08
Iberostar Praia do forte7(1)$3.103,33---$3.103,33R$ 10.241,00$443,33R$ 1.463,00
Chile Helen W. (2)21?????$6.500,00R$ 21.450,00$309,52R$ 1.021,43
Porto Alegre x Florianopolis18$58,19R$ 1.597,07$766,82-$125,45$2.547,54R$ 8.406,89$141,53R$ 467,05
Curitiba x Florianopolis18$44,03$2.605,84$1.473,53-$125,45$4.248,86R$ 14.021,24$236,05R$ 778,96
(1) Não cotei as taxas de aeroporto.
(2) Valor médio informado pela própria. Mas isso é ja incluindo alimentação, combustível, pedágio e passeios.
(3) Inclusão de valor de ingresso dos parques que poderíamos visitar.

Para fins de comparação, sugiro que siga a coluna custo por dia da viagem, pois só assim você vai realmente ter uma média de gastos.

Engraçado foi constatar que uma Road Trip pela América do Sul saí mais cara do que pela Califórnia. O aluguel de carro é extremamente custoso, e tem ainda que incluir um seguro (que nem cheguei a estudar isso) para poder tirar o carro do Chile.
E claro, para mim, por enquanto, ir para um resort no porte do Iberostar está destarcado, pois nem foi considerado taxas de embarque e nem traslado e o custo saiu quase US$90 a mais por dia que o segundo destino pesquisado mais caro, no caso, Portugal.
Aliás, Portugal também me surpreendeu. Sempre me falaram que é um destino barato, e realmente é pela hospedagem, as sem milhas suficientes para ir com as passagens pagas (a TAP pede 70 mil ida e volta por pessoa),  viagem ficou extremamente custosa para mim. Se você tem as milhas, vale a pena como destino sim. Pois o custo cairia para pouco mais de US$143/dia.

Assim, a nossa solução será de viajar pelo Brasil mesmo, optando por ficar tantos dias fora de casa (ficar 30 dias em casa para mim está fora de cogitação rs). Não cheguei a cotar outros destinos, pois achei que mais de uma semana em certos lugares seria demais e sem atrativos a mais...

Ainda não fechamos qual, ainda é preciso estudar e cotar as várias possibilidades e roteiros. E esbarro em algumas dificuldades:
- Encontrar um bom hotel que aceite 2 adultos e 2 crianças, a maioria mal aceita 1 criança no quarto;
- Encontrar um hotel que aceite 3 adultos no mesmo quarto, com as 2 crianças, mas que tenha ambientes separados. Isso nos Estados Unidos é bem mais fácil de encontrar. Talvez a nossa solução seja outra, pelo menos para esta viagem, ou ficar em dois quartos. Enfim, cotar, cotar e cotar.
- Com a observação de minha carteira (tenho artrodese na coluna), a locação de carro que atenda a demanda, tenha direção hidráulica e câmbio automático, fica restrita a modelos mais caros, como Duster ou Focus.
- Encontrar voos diretos entre as cidades, mesmo que vizinhas, às vezes o horário nos atende mas tem escala, ou é direto, mas o horário é cruel rs.

Para quem não curtiu as opções orçadas, que tal você cotar as demais dicas que recebi do grupo Viagens em família? Lá vai:
- ir para Recife, de lá para Porto e Maragogi;
- voltar para Orlando;
- Uruguai (Punta del Leste, Colonia de Sacramento, Salto, Dayman, Punta Ballena (com a Casa Pueblo), vinícolas;
- Leste Europeu;
- João Pessoa;
- Aruba; 
- Bonito; 
- Patagônia com cruzeiro para Terra do Fogo;
- Cidades Históricas de Minas Gerais.

E você, tem alguma sugestão? Ia para os Estados Unidos e o dólar te desanimou? Trocou o destino? Vai para onde?

Nenhum comentário

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo

Seguros de viagem

World Nomads Seguros de Viagem
Mondial Seguros
Corretora Real Seguro de Viagens

Passeios no seu destino

Viator

Aluguel de carro

Trem na Europa