Vaticano - O menor país do mundo

O Vaticano é a sede da Igreja Católica Romana e uma cidade-Estado soberana desde 1929, criada pelo Tratado de Latrão, implantada no meio da cidade de Roma, na Itália. Com apenas 44 hectares é considerado o menor país do mundo e é governado pelo bispo de Roma, o Papa, sendo a defesa do país é da responsabilidade da Itália, enquanto que a segurança do Papa fica a cargo da Guarda Suíça.

Basilica São Pedro, Vaticano
Basílica de São Pedro. Fonte da imagem: Wikimedia

Por sua importância religiosa, atrai uma infinidade de peregrinos, que buscam ver o Papa e também conhecer as obras de arte que estão ali reunidas.

Um pouco da história do Vaticano

Roma era sede de vários cultos religiosos. Sua comunidade foi fundada pelos apóstolos Pedro e Paulo e é a única comunidade cristão do mundo fundada por mais de um apóstolo. Após o martírio dos dois apóstolos, entre 64 e 67 d.C., os primeiros cristãos chegaram na cidade, que se tornou cristã. Ali foi construída a Antiga Basílica de São Pedro em 313 d.C, durante o reinado do Imperador Constantino I e o local escolhido foi o Circo de Nero (ou Circo Vaticano), onde eram executados os cristãos durante o regime de Nero e onde Pedro foi crucificado de cabeça para baixo em seu muro central (hoje restam apenas as fundações e o obelisco que ficava no muro central e que foi transportado para a Praça de São Pedro). Constantino fez com que a basílica fosse construída sobre o local do túmulo de São Pedro e o Monte Vaticano (na margem oeste do Rio Tibre) foi terraplanado.

Basílica de São Pedro e o Circo de Nero, Vaticano
Planta da Basílica de São Pedro sobre o antigo Circo de Nero. Fonte da Imagem: Wikimedia


Mesmo com interrupções, Roma foi durante séculos a sede da Igreja Católica Romana e do Papa.

Vai dormir onde? Já conferiu a seleção do Booking?

No Século XV, a Antiga Basílica apresentava rachaduras e não houve outra opção que não a demolição para a construção de um novo edifício, mas com a intenção de preservar o altar original, que continha diversas colunas salomônicas (hoje oito delas estão preservadas como pilares da nova basílica). Quando Gian Lorenzo Bernini construiu o Baldaquino de São Pedro (altar papal acima do túmulo de São Pedro, usando o bronze dos antigos altares do Panteão) para cobrir o novo altar da basílica moderna, inspirou-se no formato torcido das antigas colunas.

Em fevereiro de 1929, foi realizado o Tratado de Latão que definiu o reconhecimento total da soberania da Santa Sé no estado do Vaticano e também uma convenção financeira acordando a liquidação definitivas das reivindicações da Santa Sé por suas perdas territoriais (antigos Estados Pontifícios - aglomerados de territórios na península Itálica, independentes entre 756 e 1870, sob autoridade civil dos papas)  e de propriedade. Esse Tratado formalizou a existência do Estado do Vaticano, soberano, neutro e inviolável, sob a autoridade do papa e com privilégios de extraterritorialidade do Palácio de Castelgandolfo (residência de verão do Papa) e das três Basílicas de São João de Latrão, Santa Maria Maior e São Paulo Extramuros.

Vai pro exterior? Não se esqueça do Seguro de viagem

A partir da década de 1950, escavações no subsolo da Basílica de São Pedro, a equipe da arqueóloga Margherita Guarducci encontrou a necrópole atribuída a Pedro, identificando uma parede com a expressão Petrós Ení, que significa "Pedro está aqui".


O que fazer no Vaticano?

Com Apenas 44 hectares ver tudo que tem no Vaticano requer pelo Menos 1 dia inteiro de visita. O aconselhável é comprar com antecedência no site do Vaticano para evitar a fila enorme que se forma todos os dias, a menos que se opte pelo Omnia Card.

 
Vai alugar carro? Faça sua reserva com a RentCars!


No Vaticano é possível conhecer:

  1. Museus Vaticanos: é no plural mesmo, já que são um conglomerado de museus com várias coleções de arte e antiguidades, inaugurado em 1506. São eles: Museu Pio-Clementino, Museu Chiaramonti, Museu Missionário-Etnológico, Museu Gregoriano Etrusco, Museu Gregoriano Egípcio, Pinacoteca Vaticana, Museu Gregoriano Profano e Museu Pio-Cristão.
  2. Capela Sistina: é a capela do Palácio Apostólico, residencial oficial do Papa, construída no Século XV, muito famosa por seus afrescos pintados pelos maiores artistas da Renascença: Michelangelo, Rafael, Bernini e Sandro Botticelli. Ali são realizados os Conclaves, que elegem o novo Papa, após renúncia ou morte do Papa anterior.
  3. Basílica de São Pedro: é a maior e mais importante construção religiosa do Catolicismo e um dos mais visitados no mundo, sendo capaz de abrigar 60 mil pessoas. É catalogada pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade e ali está enterrado São Pedro, um dos doze apóstolos de Jesus. Embora não seja a sede oficial do Papado (que fica na Basílica de São João de Latrão, em Roma), é na Basílica de São Pedro onde a maioria das cerimônias papais são realizadas.
  4. Praça de São Pedro: projetada por Gian Lorenzo Bernini no Século XVII em estilo clássico com adições do barroco, localiza-se em frente à Basílica de São Pedro. No seu centro, localiza-se um obelisco do Antigo Egito que ficava no Circo de Nero e foi levado para ali em 1585. 
  5. Jardins do Vaticano: estes jardins cobrem mais da metade do Vaticano, cobrindo a maior parte da colina Vaticana, decorados com diversas fontes e esculturas.
  6. Necrópoles: localizado abaixo da Cidade do Vaticano, a 5-12m de profundidade sob a Basílica de São Pedro. É um antigo cemitério romano, onde havia túmulos cristãos e pagãos, embaixo ainda das grutas do Vaticano, onde estão enterrados os Papas.

  7. Basílica de São Pedro e a Necrópoles, Vaticano
    Planta da Necrópoles e das Grutas do Vaticano, sob a Basílica de São Pedro. Fonte da imagem: Wikimedia

  8. Pavilhão das Carruagens: onde são exibidas carruagens, cadeiras sedã (onde os papas eram carregados) e automóveis usados pelos Papas. Criados pelo Papa Paulo XI, o último Papa a usar uma carruagem.
  9. Castelo Gandolfo: é a residência de verão do Papa, a 42km do Vaticano, que pode ser visitado desde setembro de 2015, com visita guiado. Ali também é possível visitar os Jardins Barberini.

Todos esses locais podem ser visitados por conta própria, usando áudio-guia ou com guia. E também é possível comprar combos com Café da Manhã ou mesmo Almoço.

Mas qual o preço da visita?

Bem, vai depender do que você quer ver e como você vai comprar. E comprando online, deve-se acrescentar €4 por ingresso (pense nisso como fura-filas a 4 euros! Rs).

 
Vai de trem pela Europa? Confira os preços da Rail Europe!


Para vocês terem noção, segue alguns valores para 2017:

  • Museus Vaticanos + Capela Sistina: €16
  • Museus Vaticanos + Capela Sistina com áudio-guia: €23
  • Museus Vaticanos + Capela Sistina com áudio-guia e café da manhã: €65 (entrada às 7h15)
  • Museus Vaticanos + Capela Sistina com almoço: €38,50 (menu infantil cai para €20)
  • Museus Vaticanos + Capela Sistina a noite: €16 (sextas, entre Abril e Outubro, das 19h às 23h)
  • Museus Vaticanos + Capela Sistina a noite com Happy Hour: €35
  • Vaticano de trem  (Museus Vaticano, Capela Sistina, Jardins do Vaticano, pegando o trem até o Jardim Barberini do Castelo Gandolfo), aos Sábados: €40
  • Jardins do Vaticano + Museus do Vaticano e Capela Sistina: €32
  • Jardins do Vaticano de ônibus + Museus do Vaticano e Capela Sistina: €36
  • Necrópoles + Museus do Vaticano + Capela Sistina: €26 (possível agendar pelo email scavi@fsp.va)
Praça de São Pedro, Vaticano
Praça de São Pedro vista a partir da Cúpula da Basílica de São Pedro. Fonte da imagem: Wikimedia

Quem pretende ver o Papa, o ideal é tentar agendar sua visita no dia da Audiência Papal, que acontece às quartas-feiras (verificar a agenda previamente para não ser pego de surpresa) e deve ser agendada pelo Fax +39 06 6988 5863, conforme site da Prefeitura do Vaticano. Ou mesmo celebrações litúrgicas aos Domingos, sendo que algumas não é necessário ingresso. Mas lembre-se que esses devem ser os dias mais cheios para visitar o Vaticano.

Quer passeios em Roma? Confira a programação do Viator.

PS.: Se você estiver lendo este post no dia do lançamento dele, dia 29/08, estarei mostrando em tempo real as belezas do Vaticano no Stories do Instagram do blog. Vai lá conferir!!

Nenhum comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo

Seguros de viagem

World Nomads Seguros de Viagem
Mondial Seguros
Corretora Real Seguro de Viagens

Passeios no seu destino

Viator

Aluguel de carro

Trem na Europa