Mühltal e o Castelo Frankenstein

Quando eu estava planejando fazer um bate e volta a partir de Frankfurt, fiquei dividida entre ir para Rüdesheim am Rhein e Heidelberg, e uma coisa que chamou a atenção nas idas e vindas pelo Google Maps foi um tal de Burg Frankenstein... E claro, a curiosidade logo cresceu e tive que ir ver isso de perto!

Burg Frankenstein, Mühltal, Darmstadt, Alemanha
As ruínas do Castelo Frankenstein. Agosto/2017


O Castelo Frankenstein

Localizado em Mühltal, município de Darmstadt, na colina Langenberg, a 370m de altura. Sua idade é incerta, mas um documento de 1252 já o mencionava. A família nobre Frankenstein foi criada com o casamento do Lorde Konrad II com Elisabeth von Weiterstadt.

Brasão
Brasão da família.
Fonte: wikimedia
Frankenstein vem de Franks (= tribo germânica) e Stein (= pedra), ou seja Pedra dos Franks. A palavra Stein é comum em paisagens, lugares e castelos alemães.

Em 1363 o castelo foi dividido em duas partes e pertencia a duas famílias diferentes de lordes e cavaleiros de Frankenstein e no início do Século XV o castelo foi ampliado e modernizado, e seus cavaleiros tornaram-se independentes.

Por conflitos territoriais, por volta de 1662, o chefe da família Lord John I decidiu vender o castelo e recuar para a Franken (ou Francônia, região ao norte da Baviera) para começar um novo reinado. O castelo então foi usado como refúgio e hospital, caindo em ruínas no Século XVIII, e permanecendo assim até os dias de hoje.

Burg Frankenstein, Mühltal, Darmstadt, Alemanha
O Casamento é representado nesta escultura dentro da Capela da Igreja. O Brasão aparece já nesta imagem. Agosto/2017.

Vai dormir onde? Já conferiu a seleção do Booking?


A origem da lenda de Frankenstein

Em 1673 o alquimista Johann Conrad Dippel nasceu no Castelo de Frankenstein. Dippel criou um óleo de origem animal, conhecido como Óleo de Dipple ou Óleo de Osso (produto da destilação destrutiva de ossos) que supostamente seria o elixir da vida (quando estava mais para repelente de animais e insetos por causa do cheiro). É dito que Dippel também desenvolvia pesquisas com cadáveres, tentando trazê-los de volta à vida e que ele por vezes os chamava de "von Frankenstein", mesmo não tendo ligação com esta família. A Dippel é atribuída a destruição da torre o castelo por uma violenta explosão e que isso teria sido a causa da sua expulsão da região pela população dali.

Sugere-se a história de Dippel tenha influenciado a fantasia de Mary Shelley, escritora do Século XIX, quando ela escreveu Frankenstein, ou o Prometeu Moderno (de 1818), já que é sabido que ela fez uma viagem pelo Rio Reno em 1814, antes de escrever o livro, tendo conhecido Gernsheim, uma cidade perto do Castelo.

Vai pro exterior? Não se esqueça do Seguro de viagem


Outros mitos sobre o Castelo de Frankenstein

Além do mito do monstro, existem outras lendas que envolvem o Castelo. Uma delas é sobre Lorde George e um dragão, do Século XIX:

Há muito tempo havia ali um dragão perigoso que morava nos jardins do castelo perto do poço, o que amedrontava os camponeses de Nieder-Beerbach, vizinha ao castelo, uma vez que o tal dragão entraria pela noite e comeria os aldeões enquanto dormiam. Até que um dia um cavaleiro chamado Lord George chegou até a aldeia e resolveu ajudar os moradores. No dia seguinte, George vestiu sua armadura e subiu até o castelo, direto ao poço onde o dragão dormia, e o atacou. Ambos lutaram por horas e finalmente quando estavam exaustos, o cavaleiro mergulhou sua espada no dragão e saiu vitorioso. Mas, mesmo gravemente ferido, o dragão enrolou sua cauda com espinhos venenosos no cavaleiro, ferindo-o. Os aldeões ficaram extremamente gratos e deram ao cavaleiro um enterro honorável, trazendo-o para a Igreja de Nieder-Beerbach e dando-lhe um belo túmulo.

Até hoje é possível visitar o túmulo de Lord George, o Cavaleiro que matou o Dragão na Década de 1200. É impressionante a semelhança com a história de São Jorge, mas não tem relação não, viu?

Além disso, dizem que há uma fonte da juventude atrás do jardim de ervas do castelo.



Visitação ao Castelo de Frankenstein

O Castelo de Frankenstein hoje encontra-se em ruínas, mas mesmo assim vale a pena ir conhecer. A maneira mais fácil de visitar e indo de carro, pois como está no alto de uma colina, e não ter funicular ou bondinho, você terá que queimar umas calorias para subir até ele. Nós fomos de carro alugado a partir de Frankfurt e levamos uns 40 minutos pela A-5. Tem estacionamento gratuito no alto da colina.

 
Vai alugar carro? Faça sua reserva com a RentCars!

Do estacionamento até a entrada o pátio você passará pela floresta que existe ali e já dá uma ideia de como "sombrio" pode ser o lugar numa noite de lua cheia rs. O caminho é asfaltado e em menos de 10 minutos você chega.

Burg Frankenstein, Mühltal, Darmstadt, Alemanha
Estradinha que liga o estacionamento ao Castelo. Agosto/2017

Neste "pátio" à esquerda existe uma pequena lanchonete, o Restaurante Burg Frankenstein e uma área para piquenique com mesinhas. 

Burg Frankenstein, Mühltal, Darmstadt, Alemanha
O Restaurante do Castelo Frankenstein. Agosto/2017
Burg Frankenstein, Mühltal, Darmstadt, Alemanha
Área de piquenique no Castelo Frankenstein. Agosto/2017

Ali também existe uma pequena Capela.

Burg Frankenstein, Mühltal, Darmstadt, Alemanha
Igreja do Castelo Frankenstein. Agosto/2017

O Castelo fica à direita, passando pela torre da entrada, e subindo um pouco mais, atravessando uma ponte de pedras.

Burg Frankenstein, Mühltal, Darmstadt, Alemanha
Seguindo para o Castelo Frankenstein. Agosto/2017.

Vai de trem pela Europa? Confira os preços da sua passagem aqui!

Apesar de estar em ruínas o lugar é plano e bem cuidado.

Você pode subir em duas torres, e de uma delas dá para ver Frankfurt (com tempo aberto) e a cidade de Darmstadt mais perto.

Burg Frankenstein, Mühltal, Darmstadt, Alemanha
Panorâmica do alto do Castelo Frankenstein, com Darmstadt ao fundo. Agosto/2017.

Como o lugar não é tão divulgado, o passeio é bem tranquilo e ausente daquela zorra de turistas, permitindo que se explore toda a área do castelo.

Burg Frankenstein, Mühltal, Darmstadt, Alemanha
Por segurança, a torre de pólvora era afastada do castelo. Agosto/2017.
Burg Frankenstein, Mühltal, Darmstadt, Alemanha
Jardins do Castelo Frankenstein. Agosto/2017

Nós gastamos ali um pouco mais de 1h porque nosso destino final era Heidelberg, e por isso não fomos conhecer o restaurante.

Burg Frankenstein, Mühltal, Darmstadt, Alemanha
Enquanto o dono do Castelo não aparece, a gente aproveita! Agosto/2017

Castelo Frankenstein, Darmstadt, Alemanha
Brincando um pouco no Castelo.

Se for em época de Halloween, acontecem várias festas temáticas no Castelo. Pelas fotos do site (que não funciona em IP no Brasil, por está bloqueando estes acessos) parece ser bem animado!!

Entrada Gratuita. Mas você pode depositar sua doação para manutenção do seu castelo logo na entrada, na caixinha perto da Igreja.
No GPS busque por Burg Frankenstein Restaurant.
Horário de Visita: das 10h às 17h (verificar no dia da sua visita).


Filme 360º de nossa visita ao Castelo de Frankenstein

Quer passeios no seu destino? Confira a programação do Viator.

Gostaram de conhecer algo diferente? Não deixe de me contar o que você achou e se vai incluir o castelo na sua próxima viagem para Alemanha. =D

Para saber mais: Mühltal-ObenwaldGreat Castles

Nenhum comentário

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo
Zarpo

Seguros de viagem

World Nomads Seguros de Viagem
Allianz Mondial Seguros
Banner 2 Use EAIFERIAS5 para ter 5% de desconto no Seguros Promo

Aluguel de carro

Ingressos para as principais atrações de Orlando

Trem na Europa

O melhor lugar para sua viagem de trem