Estrada Real - Visitando a Nascente do Rio Doce (Rio Piranga)

Quando estávamos planejando fazer a Estrada Real em Março, numa das pesquisas achei algo sobre a visita à Nascente do Rio Doce e fiquei muito interessada com a possibilidade de mostrar para as meninas como um pequeno filete d'água pode se transformar num enorme rio, ainda mais depois do trágico desastre ambiental que o atingiu. 

O Rio Doce é um dos principais rios da região sudeste e talvez tenha ficado ainda mais famoso por dar nome à Companhia Vale do Rio Doce, hoje apenas Vale, e suas Minas de minérios que começaram naquela região. O Rio Doce nasce na Serra da Mantiqueira (Minas Gerais) e deságua em Linhares (Espírito Santo), cortando 230 cidades, tais como: Itabira, Mariana, Ouro Preto, Viçosa, Colatina, entre outros.

Indo em busca da Nascente do Rio Piranga, Ressaquinha (MG). Março/2016.

Mas se você procurar no Google "nascente do Rio Doce" você não vai encontrar, porque ele apenas assume esse nome quando as águas do Rio Piranga se encontram com as do Rio do Carmo. Assim, você deve buscar a nascente do Rio Piranga, que brota numa propriedade particular no município de Ressaquinha (MG). Assim eu encontrei o grupo do Circuito Turístico Nascente do Rio Doce, conhecendo virtualmente o Reiginaldo Castro, que me deu as dicas sobre como chegar e até se ofereceu de nos acompanhar em nossa visita, mas como eu havia programado para ir na Páscoa, por falta de agenda, acabou que não nos conhecemos e fomos até a nascente sozinhos.

Segundo informações do próprio Reiginaldo, saindo de Ressaquinha, o caminho até a fazenda é tranquilo, distando apenas 16km da cidade, sendo o caminho mais rápido e asfaltado passando pela comunidade de Simão Tam e então pegando estrada de terra até lá. Ou todo de terra se for por Peixoto. Chegando na fazenda, faz-se uma caminhada de uns 500m em pasto de boi. No local eles ergueram, inclusive, uma placa informativa.

Passando por São José de Pouso Alegre para conferir a nascente do Rio Piranga. Março/2016.
Nós fomos por Barbacena, passando por Pinheiro Grosso e São José de Pouso Alegre. O trajeto é tranquilo, mas passa por estrada de terra e cima da Estrada de Ferro umas quatro vezes, então deve-se ter cautela pois passa trem ali!

Como não conseguimos ir com o Reiginaldo, ficamos meio inibidos de entrar na fazenda, pois não conseguimos encontrar o responsável lá. E como estava com gado perto da porteira e um cavalo vigilante, fiquei ressabiada de entrar com as meninas ali e somente o Cleber foi até a nascente conferir e garantir umas fotinhas para a gente.

Nascente do Rio Piranga, que é o principal formador do Rio Doce. Março/2016.



Recomendo que entre em contato com o pessoal responsável pelo circuito e agende a sua visita com eles, ok? Para falar com o Reiginaldo você pode tentar os celulares (32) 984 363 802 (Claro), (31) 984 999 866 (Claro) e (31) 997 830 513 (Vivo). Eles estão planejando fazer placas de sinalização indicando a rota e tudo mais. 

Vai lá conferir e dar essa moral para o pessoal da cidade e ensinar nossos filhos que é importante preservar e que nós podemos evitar a degradação ambiental e que devemos estudar para buscar melhorar o relacionamento homem x natureza, tão conflitante atualmente.

Foto cedida pelo Reiginaldo com ciclistas e a placa informativa da nascente.

Carreguei o nosso caminho no wikiloc, mas não deixem de entrar em contato antes de ir fazer a visita!! =D

Nenhum comentário

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo
Zarpo

Seguros de viagem

Aluguel de carro

Ingressos para as principais atrações de Orlando

Passeios no seu destino

Viator

Trem na Europa