Uma tarde de passeio de San Francisco a Palo Alto (California)

Depois de sair de Austin, tendo ido ao Zilker Metropolitan Park antes de pegar o voo para San Francisco, cheguei no aeroporto SFO pouco depois das 14h. Até conseguir pegar malas, chegar no prédio da locadora de carro e pegar o pequeno Spark na Hertz e sair, perdi uma hora, saindo de lá pouco antes das 16h.

Eu estava com MUITA vontade de ver, nem que fosse de longe a famosa ponte Golden Gate e inclusive perguntei à atendente da locadora se seria uma boa ideia e ela fez cara que não. Sim, eu poderia ter ido do SFO direto para Palo Alto e não gastar nem 1h na viagem... Mas quer saber, fui mesmo assim!!

Baía de São Francisco. Visto do avião. Maio/2015.

Coloquei no Waze o parque Crissy Field e segui seus comandos. Já havia um pouco de engarrafamento, mas que aproveitei para namorar um pouco as ruas de San Francisco, já que eu não teria tempo de caminhar por elas e todas as suas ladeiras.

Eu dei bobeira, passei pela famosa Lombard Street, mas não pela parte sinuosa, fiquei na vontade!

A primeira parada que fiz foi na Marina Green, por voltadas 16:30,h, estacionei, mas não desci do carro. Fiquei namorando as casinhas da cidade, a Golden Gate e a Ilha de Alcatraz de longe e o pessoal que estava brincando com seus filhos e pets por ali. Não fiz a lição de casa, e deixei passar o Museu da família do Walt Disney que fica perto dali...

Casas de San Francisco em frente à Marina Green. Maio/2015.
Marina Green, com a Ilha de Alcatraz ao fundo. Maio/2015.
A Golden Gate vista do Marina Green. Maio/2015. 

Então segui para o Crissy Field, estacionando perto do Warming Hut Café, eram umas 16:45h. Desci do carro e fui caminhar um pouco na calçada para ver a entrada da Baía de San Francisco e poder apreciar a Golden Gate. Não havia nevoeiro e pude contemplá-la por inteiro. Pena o tempo ser curto para tanta coisa, porque eu queria era passar por ela. Detalhe: precisei usar o banheiro dali, e nunca vi um banheiro tão sujo nos EUA!! Eca, eca!

Área de picnic do Crissy Field. Maio/2015.
Golden Gate vista do Crissy Field. Maio/2015.
Saindo dali, segui para a Baker Beach, por volta das 17:20h, para ver o Oceano Pacífico pela primeira vez. Ok, bobeiras geológicas, mas que adoro poder ter contato para alimentar meu ego =P Além do que havia prometido para meu marido que levaria uma garrafa de água do Pacífico e fui lá cumprir hahahaha A água estava bem gelada, e muito vento na praia. Não tinha ninguém na água!! Só algumas pessoas na areia tomando sol de roupa mesmo. É bem tranquilo estacionar ali e melhor de tudo, a visão do outro lado da ponte Golden Gate. Muito lindo!!

O Oceano Pacífico!!! =D Maio/2015
Baker Beach e a Golden Gate ao fundo. Maio/2015.
Coloquei os pés nas águas gelada do Oceano Pacífico. Maio/2015.

Promessa é dívida, trouxe água do Oceano Pacífico!! Maio/2015.
Segui então para a Ocean Beach, passando por alguns bairros de San Francisco. As casinhas são um charme. E ainda bem que não estacionei, pois eu teria levado uma multa fácil, por não saber de um detalhe: você tem que parar sempre com as rodas voltadas para a calçada, para evitar acidentes caso o freio de mão não esteja 100%. Já pensou o carro descendo as ladeiras da cidade a toda?! Passei por dois grandes moinhos que achei espetacular aquilo ali, no meio da cidade!! Estacionei ali e desci para tirar mais algumas fotos, mas o vento é bem forte. A construção ali é bem diferente do Brasil, pois não há casas na beira da praia como no Rio, é tudo bem recuado, preservando a linha de praia.

Ocean Beach. Maio/2015.

Um dos moinhos em frente à Ocean Beach. Maio/2015.
Continuei pela Great Hwy acompanhando o Oceano Pacífico e seus ventos gelados, e parei na Thornton State Beach para mais algumas fotos, sem descer até a praia. Lá existem várias placas explicando a formação da Falha de San Andreas para quem tiver curiosidade.

Vista para a Thornton State Beach. Maio/2015.

Placas explicativas sobre os processos geológicos, aqui falando sobre a Falha de San Andreas. Maio/2015.
Segui meu caminho pela Great Hwy até que cheguei na Highway 1, que eu queria ter feito nessas férias como já contei aqui, mas a cotação do dólar não deixou ='( Fui dirigindo a apreciando as paisagens e o Sol já baixo no horizonte. Detalhe: perto do encontro das duas rodovias é onde a Falha de San Andreas passa, ou seja, você deixa a Placa Tectônica Norte-Americana e entra na Placa Tectônica do Pacífico. Meu lado geológico sentiu-se grandioso nesse momento hahahaha (Ok, ok, estou inspirada hoje, vai!!)

Parei para algumas fotos na Pacífica State Beach, sem sair do estacionamento, mas decidi que não queria chegar muito tarde em Palo Alto pois já estava morta de cansada rs.

Pacífica State Beach, Maio/2015.
Todas as praias tem amplo estacionamento, facilitando a visitação. Maio/2015.
 Na Highway 1 ainda parei perto da Gray Whale Cove State Beach para apreciar a paisagem e um paredão de rocha da estrada e logo segui viagem.

O visual da Highway 1 é incrível!!! Maio/2015.
Geólogo gosta de paredão de rocha pra viajar. Só eu mesmo para parar na estrada e tirar foto de "barranco". Muita falha e fratura!! hahahaha Maio/2015.
Em Half Moon Bay, deixei a Highway 1 e segui pela 92. Essa rodovia é muito bonita, com duas faixas apenas, e me lembrou bastante dirigir pela Serra da Mantiqueira em Minas Gerais (ok, lá a estrada é um tapete, diferente das nossas). Então cheguei nos Reservatórios de água de Lower Crystal Springs e Upper Crystal Springs. Ok, outro momento geológico: a Falha de San Andreas passa nesse ponto novamente, ou seja, voltei para a Placa Norte-Americana. Não resisti e parei para mais fotos! hahahahaha

Upper Crystal Springs Reservoir. A Falha de San Andreas passa bem aqui!! De onde estou tirando a foto estou na Placa Norte-Americana, e do outro lado do lago é a Placa do Pacífico!! Maio/2015.

Segui então para meu destino, Palo Alto, pela 280. Cheguei em no hotel às 20h. Fiz check-in e deixei as malas no quarto e fui jantar na cidade.

Esse dia foi cansativo, porque ele teve mais de 24h pra mim, já que ganhei algumas horinhas na viagem de avião. Dirigi uns 150km rodando por Austin e por San Francisco, mas valeu a pena cada segundo!! =D

Abaixo coloquei o mapa das ruas que percorri e das paradas que dei para que possa servir de registro para outros viajantes e para minhas memórias de viagem.


Mapa com o roteiro desse dia corrido. Maio/2015.


Nenhum comentário

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo
Zarpo

Seguros de viagem

Aluguel de carro

Ingressos para as principais atrações de Orlando

Passeios no seu destino

Viator

Trem na Europa