Rio de Janeiro - Vista Chinesa e Mesa do Imperador

Em Abril, depois de termos ido na Rampa de voo livre da Pedra Bonita, nós fomos conhecer um pouco mais da Floresta Nacional da Tijuca, que eu não ia há muito tempo, e que nem o Cleber e nem as meninas conheciam.

Vista do Rio a partir da Vista Chinesa. Abril/2015.

O mapinha abaixo vai te ajudar a se localizar.

Mapa do trajeto para a Mesa do Imperador e para a Vista Chinesa. Arte sobre mapa do Google Maps.
Nós saímos da Rampa e fomos direto para a Mesa do Imperador, a 487m de altura. De carro, dá mais uns 10 minutos (menos de 5 km), e ela ficará a esquerda.

A Mesa do Imperador pela visão do Google Street. Cuidado com esses fradinhos! rs
Existem algumas vagas por ali, só tome cuidado ao estacionar o carro para não encostar o para-choque nos fradinhos que são baixos e passam desapercebidos... 

Uma das palmeiras do local. Abril/2015.
A Mesa do Imperador era um ponto de descanso dos frequentes passeios da Família Real durante o século XIX.

Marco na Mesa do Imperador. Abril/2015.
O ponto em si não tem nada demais, além da mesa e de duas palmeiras imperiais, e uma escada que sobe para o nada e desce para a rua. Mas a vista de lá é linda! Tem algumas trilhas saindo dali, mas eu não me aventurei.

Depois dessa subida, à esquerda tem uma escada, que volta para a rua, e à direita tem umas trilhas. Abril/2015.

Vista do Rio de Janeiro, a partir da Mesa do Imperador. Niterói ao fundo, Pão de Açúcar a esquerda, e a Lagoa Rodrigo de Freitas ao centro. Abril/2015.
Ficamos uns 20 minutinhos na Mesa do Imperador e fomos para a Vista Chinesa. A distância de um para o outro é de apenas 1 km.

A Vista Chinesa é um mirante no estilo chinês, com dragões (que olham para baixo; estariam encantados com o visual?) no beiral do teto. Foi construído em 1903 pelo Prefeito Pereira Passos, em argamassa imitando bambu. O local tinha uma fonte (mas fechada pela prefeitura), perto dessa bica,  tem uma mesa que é utilizada como fraldário. Tem estacionamento, mas que fica lotado no final de semana. Que tal umas fotinhas?

A Vista Chinesa vista do estacionamento. Abril/2015

Que vista! O Pão de Açúcar e a Lagoa Rodrigo de Freitas. Abril/2015

Dá para ver o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar e a Lagoa sem fazer muita força! Abril/2015.

Detalhe do teto do mirante. Abril/2015.

A área do estacionamento vista do mirante. Abril/2015.

Até os dragões admiram a paisagem! Abril/2015

O mar de prédios da Zona Sul Carioca. Abril/2015.

Para conhecer estes pontos, você pode fazer como a gente, saindo da Praia de São Conrado, passando pela Rampa de voo livre da Pedra Bonita, indo para a Mesa e então para a Vista Chinesa. Nisso nós gastamos nem 3h. Você pode emendar com uma visita ao Jardim Botânico ou ao Parque Lage, como a Lily Pestana fez e contou no blog Apaixonados por Viagens.

Para esses passeios é bom levar um boné, óculos escuros, protetor solar e repelente. Nenhum dos dois locais possuem banheiro ou ponto de vendas de lanches ou bebidas. Leve consigo.

Se quiser mais dicas sobre o Rio de Janeiro, não deixe de garantir uma cópia de nosso e-book digital gratuito "Rio de Janeiro com crianças", com dicas para famílias viajantes com crianças até 12 anos de idade.

Nenhum comentário

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo

Seguros de viagem

World Nomads Seguros de Viagem
Mondial Seguros
Corretora Real Seguro de Viagens

Passeios no seu destino

Viator

Aluguel de carro

Trem na Europa