Comprar ou alugar carrinho de bebês em Orlando? Faça suas contas!

Viajar com crianças para Orlando também traz uma outra dúvida na cabeça dos pais: levar o carrinho de bebê daqui, comprar lá ou alugar?

Levar o carrinho daqui implica em correr o risco da companhia aérea destruir o carrinho, já que eles não tem carinho com nada. Mas você vai economizar uma bela grana.

Jade e Laura no possante delas.

Existem várias empresas que alugam carrinho na cidade de Orlando, algumas inclusive indicadas pela própria Disney, e cada uma com sua política de entrega e retorno dos carrinhos e preços. Alugando nestas empresas, você poderá utilizar os carrinhos nos parques e nos demais dias (como compras e descanso). Listo algumas abaixo:
Opções da Magic Strollers.

- Magic Strollers: com duas opções de locação: Carrinho único (US$ 25 - para o primeiro dia e US$ 6,50 para os dias adicionais) e Carrinho duplo (US$40 - para o primeiro dia e US$ 7,50 para os dias adicionais).



Opções da Orlando Rental Strollers

- Orlando Rental Strollers: com opções de carrinhos para todos os gostos. O preço inicial deles é de US$40 (1-3 dias pelo Citi Mini GT Single) chegando até US$160 (11-14 dias pelo Liberty Pushchair). Eles possuem até locação daquela plataforma que acopla nos carrinhos para os mais velhos, ao custo inicial de US$10 (1 a 3 dias - Glider Board).


Opções da Scooter Bug.
- Scooter Bug: aluguel de carrinhos únicos (US$ 32, 1-2 dias pelo SB Tourist Single; chegando a US$116 por até 31 dias) e duplos (US$ 44, 1-2 dias pelo Expedition-Double Stroller, chegando a US$ 130 por até 31 dias).


Opções da - Kingdom Strollers.
- Kingdom Strollers: com opções de carrinhos para todos os gostos. O preço inicial deles é de US$40 (1-3 dias pelo Citi Mini GT Single ou Citi Mini Single) chegando até US$125 (11-14 dias pelo Summit X3 Stroller).



Mas se você deseja apenas alugar para os parques, é só se direcionar para o Guest Relations deles, que vão te indicar onde você poderá alugar. Mas para vocês terem noção, no Walt Disney World, o aluguel por dia é US$15,00 (pode baixar para US$13/dia se você alugar por vários dias) pelo simples e de US$31,00 (podendo chegar a US$27/dia se você alugar por vários dias). Contudo, você não poderá retirá-los dos parques e me pareceram desconfortáveis, pois lembram os azuis do aluguel da Scooter Bug e vi crianças todas tortas dormindo nestes carrinhos rs.

Chicco Liteway.
Fonte: http://www.gopixpic.com/
Em 2012 quando tínhamos apenas a Jade com 2 anos, prefirimos comprar um carrinho guarda-chuva por lá, já que o dela daqui era guarda-chuva mas ainda era grande, mas não daqueles praticamente descartáveis que encontramos no Walmart que parecem de bonecas e que as mães devem ser baixinhas para conseguir empurrar, optamos pelo Chicco Liteway e ele aguentou muito bem, tanto que até hoje utilizamos ele e nem comprei carrinho para a Laura quando ela nasceu. Reclina quase que completamente (eu diria uns 170º), com mochilinha embaixo para levar as tranqueiras, porta-copos e tudo mais. A Jade cabe nele até hoje, com 4 anos e 7 meses) e fica revezando com a Laura quando saímos. Compramos este carrinho na Babies R Us do The Loop (eu controlava o estoque testando a possibilidade de fazer Site-to-Store dele para esta loja, mas quando dava a opção pick-up today, eu sabia que tinha ele por lá e era só passar e comprar).

Como ficamos 20 dias em Orlando este ano, o aluguel de um carrinho superaria em muito comprar um. Assim, optamos por comprar um carrinho duplo, e ficamos entre duas opções: Dream On Me Twin Stroller (US$84,50) ou Jeep - Wrangler Twin Sport All-Weather Umbrella Stroller (79,99). Ambos guarda-chuva, lado a lado, que tinham alguma reclinação (digamos uns 60°). Acabamos optando pelo Jeep pois ele suportava um pouco mais de peso 35 lbs (15,87 kg), mas era indicado para crianças até 40" (1,01 m). Ele acabou ficando pequeno para a cabeça da Jade, o que resolvemos colocando uma faixa entre as barras e assim ele repousava a cabeça ali, e teoricamente suportaria o peso dela. Ele estava indo bem, até que comprei dois ganchos da própria Jeep para segurar sacolas e tal, e na hora que fechamos e abrimos novamente, os dois ganchos se engancharam e entortaram o carrinho. Ficou o ó. Tentamos desentortar, e ele ficou meia boca. Aguentou a viagem, mas meio torto ainda. E quando a Jade sentava toda empolgada, dava para sentir que o carrinho ficava meio "blergh" rs. A dirigibilidade dele até que é boa, para um carrinho duplo. Trouxemos o carrinho para o Brasil e vamos levar para ver se tem como tentar arrumar. O bom dele é o tecido, não fica ensopado com chuva (pegamos várias rs) e as costas é de tela, ventilada). Ele veio também com um porta-copos que voa longe toda vez que você encosta nele (tem que colocar uma braçadeira para ele fixar) e duas bolsinhas nas laterais.

Também tem a opção de comprar uma espécie de braçadeira para conectar dois carrinhos, mas não achei prático, pois a largura deles ficaria imensa, e ter que abrir e fechar os dois carrinhos toda vez que entrava/saia do carro/tram/monorail/barco/ônibus seria o caos... rs

O que você escolhe quando viaja? Leva, aluga ou compra outro? Conte para gente. =D

Nenhum comentário

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo

Seguros de viagem

World Nomads Seguros de Viagem
Mondial Seguros
Corretora Real Seguro de Viagens

Passeios no seu destino

Viator

Aluguel de carro

Trem na Europa