Vamos conhecer um pouco sobre Foz do Iguaçu?

Essa semana nós fomos para Foz do Iguaçu (Paraná) e quem nos acompanha pelo Instagram e Youtube viu em tempo "quase" real" como foi nossa viagem. A cidade tem muitas atrações e ainda oferece o diferencial: a partir dela você pode ir a dois países diferentes numa mesma viagem sem sequer ter passaporte ou visto! 

Quer conhecer mais um pouco de Foz? Então senta que lá vem post!! =D

sobrevoando o lago artificial da usina de Itaipu
Chegando em Foz do Iguaçu, sobrevoando o Lago de Itaipu. Outubro/2016.

Foz do Iguaçu (PR)

A cidade foi fundada em 1914, mas sua origem vai muito além disso. Quanto construíram a Usina de Itaipu, estudos arqueológicos encontraram vestígios de humanos de 6.000 anos antes de Cristo. Hoje a cidade abriga mais de 600.000 habitantes com mais de 70 nacionalidades diferentes. Essa diversidade de cultura é possível ser vista quando você pode visitar numa mesma cidade: a construção de uma grande Catedral (que terá capacidade para 1300 pessoas), além da Catedral de São João Batista, uma Mesquita e um templo Budista; além de claro o vai e vem de Argentinos e Paraguaios que cruzam a fronteira diariamente e de diversas outras nacionalidades que vão para a cidade para conhecer as Cataratas do Iguaçu.


Quais são as atrações de Foz do Iguaçu?

Além da possibilidade do turista ir visitar a Argentina, com seu Parque Nacional Iguazu, Feirinha Noturna de Puerto Iguazú, Bar de Gelo, Duty Free Puerto IguazuRuínas de San Ignacio (254 km de Foz) e as Minas de Wanda (63 km de Foz); ou Paraguay com suas compras ad infinitum, Foz do Iguaçu atrai o visitante que deseja conhecer:
  1. Parque Nacional Iguaçu, com suas trilhas e atrações como o Macuco Safari;
  2. Itaipu Binacional, com seus vários passeios, o Refúgio Biológico Bela Vista e o Ecomuseu de Itaipu;
  3. Parque das Aves;
  4. Dreamland Museu de Cera;
  5. Vale dos Dinossauros;
  6. Rafain Churrascaria com os shows temáticos Iporã ou Show Latino;
  7. Mesquita Muçulmana;
  8. Templo Budista;
  9. Marco das Américas (ou Marco das Três Fronteiras);
  10. Ponte da Amizade, que liga Brasil ao Paraguai;
  11. Ponte Tancredo Neves, que liga Brasil a Argentina;
  12. Zoológico Bosque Guarani, pequeno zoo com entrada gratuita.
Nós visitamos o Parque Nacional Iguaçu, Parque Nacional Iguazu, Duty Free, Itaipu Binacional, Parque das Aves, Mesquita, Templo e Marco das Américas.

Bumblebee na fachada da DreamLand, museu de cera.
Fachada do Dreamland - Museu de Cera, de Foz do Iguaçu, com o Bumblebee na frente. *.* Outubro/2016


Quantos dias é o ideal para ir para Foz do Iguaçu?

Nós ficamos de Domingo a Quarta, então acredito que adicionar mais um ou dois dias seria o ideal. Nosso roteiro foi o seguinte:

DiaO que fazer?
Primeiro dia Manhã - Chegada
Almoço
Malas no Hotel
Itaipu Binacional - Passeio Panorâmico (*)
Check-in Hotel
Duty Free
Delivery no quarto
Segundo dia Parque das Aves
Parque Nacional Iguaçu (**):
- Macuco Safari
- Almoço (Lanche na verdade)
- Trilha para Garganta do Diabo
Descanso Hotel
Jantar
Terceiro dia Parque Nacional Iguazu (***)
- Trilha para Garganta do Diabo
- Almoço
- Trilha Superior
Descanso Hotel
Delivery no quarto
Qaurto dia Acordar sem hora
Arrumar as malas
Check-out hotel
Almoço
City Tour
- Mesquita Muçulmana (fechada fuen fuen, mas fomos na loja de doces árabes)
- Templo Budista
- Marco das Américas
Regresso Hotel
Ida pro Aeroporto (voo às 19h30)

(*) O Circuito Especial, que permite ver o interior da usina somente pode ser realizado com crianças maiores de 14 anos, por isso optamos pelo Panorâmico. Existem várias outras atrações, assim se puder deixar um dia todo dedicado à Itaipu seria melhor;
(**) Não fizemos a Trilha do Poço Preto, pois são 9km andando ou pedalando, além de ter custo extra além do ingresso do parque e já faríamos o Macuco Safari.
(***) Não deu tempo para fazer a Trilha Inferior por causa do tempo perdido no trenzinho, no post que eu fizer sobre a atração, explicarei melhor os nossos perrengues por lá, aguarde!!

Vertedouro da Itaipu Binacional
Vertedouro da represa estava seco. A estrutura do lugar impressiona! Outubro/2016.

Fiquei com vontade de ter ido até o Paraguai para ver se as compras realmente valiam a pena, mas com as meninas preferimos não ir; e até as Minas de Wanda, pois não posso negar a geologia em meu sangue.

Com base na nossa experiência, posso lhe sugerir:
  • 1 dia inteiro dedicado para Itaipu Binacional, fazendo um dos passeios (Circuito Especial ou Visita Panorâmica), mais o Refúgio Bela Vista, o Ecomuseu e se possível ou o passeio de Catamarã (o último horário para poder ver o pôr-do-sol) ou a Iluminação da Barragem.
  • 1 dia inteiro indo no Parque das Aves pela manhã (tão logo abra) e ao Parque Nacional Iguaçú no final da manhã, fazendo ou o Macuco Safari ou a Trilha do  Poço Preto ou a Trilha das Bananeiras, além de claro a trilha da Garganta. Se for fazer os dois passeios do Parque Nacional, prefira fazer o Parque das Aves com outra atividade que dedique meio dia (já lhe digo quais).
  • 1 dia inteiro dedicado ao Parque Nacional Iguazu, chegando tão logo abra, indo direto para a Trilha da Garganta, depois a Trilha Superior e depois a Inferior para ter uma visão global.
  • 1 dia inteiro para ir conhecer as Ruínas e as Minas de Wanda. (Mas só se quiser mesmo, porque serão 7h de carro, viu).
  • 1 manhã de compras no Paraguai. Prefira ir com van de agência, para evitar dor de cabeça em fila de aduana, já que eles tem acesso preferencial, e que saem às 7h30 (voltando 12h) ou às 9h (voltando às 15h).
  • 1 manhã ou tarde no City Tour (visitando Mesquita + Templo + Marco).
  • 1 manhã ou tarde no Dreamland + Vale dos Dinossauros.
  • 1 noite num dos shows da Rafain, que optamos por não ir mais pelas meninas, que ficariam exaustas de tanto andar, mas que ouvi falar muito bem.
  • 1 noite de compras no Duty Free (preço de Duty Free mesmo, ok?).
  • 1 noite no "Centrinho" de Puerto Iguazu, com direito a compras na feirinha e jantar nos restaurantes locais (ouvi falar bem do El Quincho del Tio Querido).
  • 1 noite num dos Casinos Argentinos. O Guia sugeriu os argentinos, por observar que as pessoas "ganham" mais por lá que no Paraguai (mas não pense que ficarás rico, é trocadinho, ok?).
Macuco Safari
Dentro do bote do Macuco Safari, olhando as Cataratas do lado argentino e a Isla de San Martin. Outubro/2016.

Assim, 6 dias inteiros para você fazer tudo com calma. Óbvio e claro que tem coisa que sugeri que pode não te interessar, mas você já terá uma base de quanto tempo gastará em cada atração para se programar.

Se você for aventureiro pode fazer Rapel nas Cataratas ou mesmo SkyDive. Ou quiser passear de helicóptero sobre as Cataratas, fazendo aquele sobrevoo espetacular, basta desembolsar R$430/pessoa/10 minutos. Deve ser lindo, mas não é pro meu bolso... =,(


Que moeda levar?

Em Foz do Iguaçu, por ser cidade de fronteira, circulam quatro moedas: Real, Dólar, Pesos Argentinos e Guarani. Claro, opte no Brasil em usar seus reaiszinhos ou cartão de crédito, na Argentina leve pesos (até porque o Parque Nacional de lá não aceita cartão na entrada, apenas dinheiro vivo!) e no Paraguai, como não fui, acredito que a melhor opção seja dólar. Aliás, se quiser fazer o Duty Free prefira dólar. Evite usar seu cartão de crédito pois será cobrada a conversão no dia de fechamento da fatura e depois do pagamento e ainda vem o IOF. Em Foz o guia nos levou para trocar moeda numa casa de câmbio Atlas, que pode te salvar numa emergência.

Marco das Américas ou Marco das Três Fronteiras
Marco das Américas está em reformas. É possível observar os três países e o encontro dos Rios Iguaçu e Paraná. Ingresso custa R$14. Outubro/2016.

Para você saber, nas Cataratas Argentinas nós gastamos uns 1500 pesos, mas leve em consideração que éramos 2 adultos, 1 criança pagante e outra menor que não pagou ingresso e que preferimos almoçar a fazer lanche.

No Paraguai vai depender do seu poder de compras e vontade de gastar...


Vou com meu carro, é melhor atravessar as fronteiras a pé ou de carro ou ainda usar serviços de terceiro?

Olha, pelo que pude observar, de carro você vai precisar comprar o tal Seguro Carta Verde, que é obrigatório para veículos que ingressam em países do Mercosul e serve para proteger terceiros afetados por acidentes de trânsito no período da viagem. Fora a fila que fica nas aduanas para regressar...

Tucano do Parque das Aves, Foz do Iguaçu.
Tucano faceiro do Parque das Aves em Foz do Iguaçu. Outubro/2016

De van de turismo facilita pois eles possuem guichê diferente, o que agiliza o trâmite.

Ou poderá usar os estacionamentos perto da fronteira e ir a pé... Mas não sei qual estacionamento é seguro para deixar o carro para te recomendar aqui.


Qual lado das Cataratas do Iguaçu é mais bonito, o argentino ou o brasileiro?

Pergunta difícil e fácil ao mesmo tempo de responder.

O lado brasileiro tem ótimas trilhas, preço acessível (R$31/adulto) para entrada, boa estrutura, com o ônibus ligando entre os pontos a cada 15 minutos, boa limpeza. O lugar é lindo, belas fotos garantidas com certeza. E ir até a trilha da garganta é demais.
Parque Nacional do Iguaçu, Foz do Iguaçu (paraná)
Cataratas do Iguaçu vista do lado brasileiro. Outubro/2016.
O lado argentino é belíssimo, você anda sobre as águas, experiência sem igual. Mas a estrutura do lugar não é tão boa e a organização é péssima, apesar de cobrar $250 (uns R$65). Ninguém controla as filas e um monte de fura-fila surge do nada na hora que o trem chega. Aliás é surreal ter que sair do trem quando se quer ir direto até a última estação para entrar de novo. Banheiros sujos, somente aceitar dinheiro vivo e em pesos são outros pontos negativos que vi ali... Se você quiser muito fazer o passeio de Barco, no lado argentino é mais barato, mas apenas crianças acima de 12 anos podem fazer.
Cataratas do Iguaçu vista do lado argentino. Outubro/2016.
Os dois lados são válidos de ir, mas vá com espírito preparado para enfrentar nossos vizinhos...


Levar carrinho de bebê para Foz do Iguaçu é uma boa ideia?

Te confesso que não levei e me arrependi. No final dos dias a gente ficou arrebentado correndo atrás da Laura (com 3 anos). Mas vamos lá, como seria andar de carrinho nas atrações:

  • Parque das Aves - válido
  • Cataratas do lado brasileiro - depende.... Macuco você desce de carro e usa muito ônibus e teria que ficar abrindo e fechando carrinho toda hora, fora que a trilha da garganta é cimentada, plana, mas tem alguns degraus non sense que atrapalham o caminho para aqueles que necessitam de acessibilidade... Mas se você não fizer a trilha toda, descer no Porto Canoas e usar o elevador, dá pra chegar na água de boa com o carrinho.
  • Cataratas do lago argentino - depende... O carrinho vai no bagageiro em cima do trenzinho sem amarrar, e se estiver chovendo vai molhar, como molhou de uma galera por lá... Mas vi gente se apertando e levando o carrinho no meio das pernas... As trilhas da garganta e superior são bem acessíveis e plana, apenas a inferior contem escadas.
  • Itaipu - como você andará de ônibus, também não sei se é uma boa ficar abrindo e fechando, vai da sua disposição. Mas daria pra levar sim.
Fora poder usar no aeroporto... ;-)

Templo Budista de Foz do Iguaçu.
O maior buda da América Latina fica neste templo budista. Outubro/2016.


É necessária alguma atenção especial ao cruzar a fronteira com a Argentina e/ou Paraguai?

Sim. Se estiver de carro, não se esqueça da Carta Verde, como já falei acima. Se realizar compras, não se esqueça que a cota para o turista por via terrestre é de apenas US$300. E vale informar que existe Receita Federal atuante no aeroporto de Foz do Iguaçu, antes mesmo de você chegar no balcão da empresa aérea.

Ainda é válido dizer, cuidado com os seus pertences, principalmente no Paraguai, pois existem vários relatos de furto a pedestres por lá, e com golpes. Por exemplo, é sabido que mal você chega naquele país, você é abordado por vários vendedores de meias (e pode ser tentador já que são 10 pares de meia por 10 reais) e se você não tiver dinheiro trocado, o vendedor diz que vai trocar e desaparece. Ainda ouvi relatos de furto de cordão e pertences menores. Amigos relataram também que é necessário ter cautela com os taxistas daquele país, por conhecerem pessoas que foram assaltados por eles. Por isso indico que vá com uma van de agência de viagem brasileira para te dar mais segurança, ok?


Quer ver um pouco mais dos nossos dias em Foz do Iguaçu?
Se você quiser ver mais um pouco sobre a cidade brasileira das Cataratas do Iguaçu, veja os três videos que fiz durante a nossa viagem. Cada um deles contem imagens do que vimos naquele dia, estão bem legais. É só apertar o play e curtir.







E aí, ainda ficou alguma dúvida? Se eu puder lhe ajudar com algo mais específico, por favor, escreva nos comentários, a sua dúvida pode ser a mesma de outra pessoa e eu deixei passar batido. Vou tentar responder se souber ou vou catar a resposta pra você.



Nós fomos para Foz do Iguaçu a convite da agência Combo Iguassu que cedeu hospedagem e ingressos para mim para as atrações: Itaipu Binacional, Parque das Aves, Macuco Safari e City Tour Panorâmico. Todas as demais despesas (demais ingressos, traslados, alimentação) foram arcadas por nós. Gostaria de agradecer ao pessoal da agência pela oportunidade e confiança no Blog e informar a você leitor(a) que as avaliações escritas por mim vão expressar a minha experiência de viagem, como sempre faço aqui e como eu me comprometi com vocês ao criar o selinho de confiança, certo? 



Nenhum comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo

Seguros de viagem

World Nomads Seguros de Viagem
Mondial Seguros
Corretora Real Seguro de Viagens

Aluguel de carro

Trem na Europa