Rio de Janeiro - Cristo Redentor

update: 20/01/2017

Fechando o dia de "turista" no Rio com as amigas, depois de termos ido ao Pão de Açúcar e almoçado no Bar da Urca, fomos para o Cristo Redentor, outro ícone do Rio de Janeiro. Você consegue imaginar o Morro do Corcovado, ou mesmo algum souvenir ou propaganda do Rio, sem ele?

Cristo Redentor
Cristo Redentor. Maio/2015.


A história do Cristo Redentor

O Morro do Corcovado, já chamado de Pináculo ou Pico da Tentação, já funcionou como sinalizador com fins militares, no sinal do século XIX, que funcionava por meio de bandeiras no seu topo, para alertar o avistamento de embarcações e prevenir um eventual ataque à então capital Brasileira. 

Cristo Redentor
O Morro do Corcovado, antes do Cristo Redentor, por Marc Ferrez. Fonte: Wikipedia.
Com isso, foi construída a linha férrea, do Cosme Velho às Paineiras, inaugurada em 1884. No meio do caminho, nas Paineiras, foi construído um hotel turístico, hoje o abandonado Hotel das Paineiras. No ponto terminal da ferrovia, Dom Pedro II, construiu um belvedere de ferro e madeira, em 1885, chamando-o de Mirante do Chapéu do Sol, com visão privilegiada sobre as paisagens cariocas.

Cristo Redentor
Chapéu do Sol, que foi demolido em 1942. Fonte: Gazeta de Beirute.
A campanha para a construção do monumento do atual Cristo Redentor (pois ele foi idealizado de várias maneiras diferentes) iniciou-se em 1922, com um abaixo-assinado, e com uma campanha de arrecadação de fundos para a sua construção. A obra somente foi iniciada em 1926 e a montagem durou 5 anos, sendo então inaugurada em 12 de outubro de 1931.

O Cristo Redentor é que uma estátua art déco que retrata Jesus Cristo, no Morro do Corcovado, a 709m de altura. Foi inclusive eleito uma das novas sete maravilhas do mundo atualmente. Ele é todo feito de concreto armado e pequenos pedaços de pedra-sabão, com 38m de altura (considerando o pedestal).

Se você está procurando hospedagem para sua viagem não deixe de conferir a seleção que o Booking traz pra você.
 

Nosso dia

Saímos do restaurante às 14:30h  e seguimos para o Rio Sul, onde meu carro estava estacionado para ir para o Pão de Açúcar. Seguimos pelos bairros de Botafogo, Largo do Machado, Laranjeiras, Cosme Velho e subimos por Santa Teresa, pela estrada das Paineiras. O trajeto todo tem pouco mais de 12km, mas com o trânsito de início de tarde, levou uns 40 minutos para ser vencido.

A ideia inicial era, antes de chegar no Cristo Redentor e dar uma paradinha no Mirante Dona Marta, que fica na Estrada das Paineiras, a caminho da estátua, mas como a van estava com problemas no ar condicionado, o pessoal preferiu seguir direto para o monumento.

Ao final da Estrada das Paineiras, você chegará às ruínas do Hotel das Paineiras (que sofreu uma reforma e foi reinaugurado como Centro de Visitantes, como conta a Amanda no AmandAqui), de onde partem as vans Paineiras-Corcovado, uma vez que não é mais permitido seguir de carro até o Cristo Redentor (e de imaginar que eu, na minha infância, já fui até o primeiro degrau de carro... e ainda comprei uma batata ruffles de cebola e salsa hahahahaha #toficandovelha).

Cristo Redentor
As ruínas do Hotel das Paineiras, onde é vendido os ingressos de acesso ao Cristo. Maio/2015.
Bilheteria para a compra dos ingressos. Neste dia estava super vazio. Maio/2015.
A vista que o hotel tinha. Maio/2015.

 Como eu estava de carro, eu tive que aguardar aparecer uma vaga perto do hotel, ou então aguardar para estacionar ao longo da via. Mas logo surgiu uma vaga e paguei apenas R$2.

Estacionamento perto das ruínas do Hotel das Paineiras. Fonte: Google Street.
Como era dia de semana, uma quinta-feira, estava bem vazio e sem filas. Compramos os ingressos da Van (R$24) e fomos até o ponto de embarque.

Se você estiver planejando alugar carro para sua próxima viagem, não se esqueça de cotar com a RentCars, nossa parceira de viagem.


Ponto de Embarque das vans Paineiras-Corcovado. Maio/2015.
O trajeto entre o Hotel e o Cristo tem 2,5 km e é íngreme e cheio de curvas e apenas as vans daquela empresa estão autorizadas a subirem.

O estacionamento das vans, daqui elas saem para Copacabana, Largo do Machado e para Paineiras. Maio/2015.

Vencemos os 220 degraus do estacionamento das vans até o pedestal para então termos acesso a uma das vistas mais lindas do mundo.
O início da escadaria. Maio/2015.
Ou utilize as escadas rolantes. Maio/2015.
No pedestal inclusive tem uma pequena capela onde pequenas celebrações católicas podem ser agendadas.

Capela dentro do Cristo Redentor. Maio/2015.

Gastamos um pouco mais de 1h neste ponto turístico.

Vista do Cristo Redentor, vendo o Jockey Club, Morro Dois Irmãos e a Pedra da Gávea. Maio/2015.
Vista do Cristo Redentor, a entrada da Baía de Guanabara, Niterói e Pão de Açúcar. Maio/2015.
Vista do Cristo Redentor, a Baía de Guanabara (a Ponte Rio-Niterói está aí! Eu garanto!! rs). Maio/2015.
Vista do Cristo Redentor. Maio/2015.
 


Como chegar

Além da opção que fizemos (van/carro até o Hotel das Paineiras e pegar a van oficial até o Cristo - preço fixo de R$40 (alta temporada, finais de semana e feriados); R$14 para crianças entre 5 e 11 anos e maiores de 60 anos pagam R$7,00) e funciona das 8h às 18h), existem as demais opções:

- Pegar a van oficial em outros dois pontos, em Copacabana (Praça do Lido na Avenida Atlantica, das 8h às 16h) ou no Largo do Machado (em frente à Igreja de Nossa Senhora da Glória, perto do metrô, das 8h às 17h). O valor é de R$70,00/adulto; R$44,00 para crianças entre 5 e 11 anos e R$37 para maiores de 60 anos.

Cristo Redentor. Maio/2015

- Trem do Corcovado: você vai pegar o trenzinho na estação do Cosme Velho (Rua Cosme Velho 513) e vai descer perto do elevador para o Cristo. O ingresso é vendido na internet (cobrando taxa de conveniência), em algumas agências dos Correios e em quiosques na bilheteria, no Rio Sul, na Avenida Atlantica (em frente à rua Hilário de Gouveia) e na Rua da Candelária n. 9, no Centro. O valor é de R$68,00 (alta temporada); R$56,00 (baixa); gratuito para crianças até 5 anos; R$44,00 para crianças entre 6 e 11 anos e maiores de 60 anos pagam R$22,00 em ambas as temporadas. Os trens partem a cada 30 minutos.

- A pé, pela trilha Parque Lage-Corcovado, no entanto para chegar até o Cristo, você terá que comprar o ingresso, que, segundo o site do Parque da Tijuca, custa R$24,00 (na alta temporada) e R$12,00 (na baixa). A trilha é puxada, tem mais de 2km, é íngreme, na vertente da montanha, considerada difícil, e jamais deixe de ir com guia experiente e em grupo!! Ir sozinho pode significar problemas! Mais informações em E-Trilhas e DNA Aventura.

Caminho da trilha para os aventureiros, vai encarar? Arte sobre imagem do Google Maps.

O Cristo é acessível a cadeirantes desde 2002, sendo o primeiro acesso feito com elevadores, e depois com escada rolante, com ajuda de funcionários do parque, uma vez que não há possibilidade de construção de elevador até o pedestal.

Não esqueça de levar: protetor solar, um casaco leve porque venta muito, boné, óculos escuros, uma máquina fotográfica (se for usar DSLR, uma lente 10-18 ajuda a conseguir tirar uma foto sua com o Cristo rs).


Maiores informações: Parque da Tijuca.

Se quiser mais dicas sobre o Rio de Janeiro, não deixe de garantir uma cópia de nosso e-book digital gratuito "Rio de Janeiro com crianças", com dicas para famílias viajantes com crianças até 12 anos de idade.

Outros blogs que visitaram o Cristo: Tire a Bunda do Sofá.

Nenhum comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Reserve seu hotel

Booking
Zarpo

Seguros de viagem

World Nomads Seguros de Viagem
Mondial Seguros
Corretora Real Seguro de Viagens

Aluguel de carro

Trem na Europa